Mídias Sociais

Cidades

Cidades da Região dos Lagos cobram melhorias no fornecimento de energia elétrica

Publicado

em

 

As cidades da Região dos Lagos, que são atendidas pelo fornecimento de energia elétrica da empresa Enel, não estão nada satisfeitas com o serviço prestado. Em meio a tantas reclamações por parte da população, os municípios estão se mobilizando para cobrar melhorias.

Nesta semana, o Procon Arraial protocolou um oficio no Ministério Público com o intuito de cobrar medidas judiciais contra a concessionária Enel. No documento é deixado claro que o motivo é a má prestação de serviço à população cabista.

De acordo com o Secretário de Proteção e Defesa do Consumidor, Márcio Lisboa, a empresa já foi autuada e penalizada pelo mau serviço prestado, como a instabilidade no fornecimento de energia elétrica e o prejuízo ao patrimônio particular, já que diversos equipamentos elétricos e eletrônicos queimam durante os frequentes “picos de luz”.

Em Iguaba Grande, o Prefeito Interino Balliester Werneck entrou com uma Ação Civil Pública contra a empresa de fornecimento de energia, Enel.

De acordo com a Prefeitura, a ação visa cobrar da empresa uma prestação de serviços mais adequada e digna, para que a população não sofra com estragos de eletrodomésticos e insegurança nas ruas, além de ter o funcionamento de empresas, escolas e postos de saúde, prejudicado.

Já em Cabo Frio, no início do mês, foi criado uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) pela Câmara dos Vereadores, justamente para apurar possíveis irregularidades na prestação de serviços da Concessionária de Energia elétrica ENEL.

Segundo a população as constantes quedas de energia, além de atrapalharem a rotina de moradores e comerciantes, gera também a queima de eletrodomésticos.

 

Mais lidas da semana