Mídias Sociais

Cidades

Cabo Frio enfrenta dificuldades para preencher quadro de docentes

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O município de Cabo Frio está enfrentando dificuldades para preencher o quadro de docentes das escolas municipais. Das 391 vagas disponíveis, apenas 44 foram preenchidas nesta segunda-feira, 09, quando foi realizado o procedimento de escolha de lotação para contratação imediata para os cargos de Docente I (Educação Infantil e Ensino Fundamental) e Docente II.

O secretário municipal de Educação, Alessandro Teixeira, vê com preocupação a questão, uma vez que desde o mês de março, quando foi definido o início do ano letivo de 2018, o município vem realizando sucessivas convocações visando ao preenchimento das vagas existentes na rede.

“Primeiro, realizamos o processo seletivo simplificado para sanar a demanda existente. No meio do processo, um acordo judicial definiu que deveriam ser priorizados os aprovados no concurso e tivemos que suspender o processo seletivo que já estava em andamento”, explicou o secretário, citando que apenas os cargos não previstos no concurso poderão ser chamados via processo seletivo. Alessandro lembra que esta já é a segunda convocação contemplando os candidatos do concurso e ambas tiveram percentual de ausência em torno de 95%.

Já o cargo para auxiliar de classe foi preenchido por candidatos classificados no processo seletivo simplificado quase na sua totalidade, com o comparecimento de 183 pessoas. Os profissionais atuam nas salas da Educação Infantil e, ainda, nas turmas dos Ensinos Fundamental e Médio que possuem alunos inclusos.


 

Mais lidas do mês