Mídias Sociais

Cidades

Búzios terá monitoramento por câmeras para maior segurança

Avatar

Publicado

em

 

A demanda por mais medidas que garantam a segurança púbica é alta em todas as cidades que começam a desenvolver um maior crescimento de sua população, em Búzios não é diferente.  Os atos de vandalismo da última quarta-feira, dia 28, às estatuas da Brigitte Bardot e JK trouxeram de volta a discussão sobre um desejo manifestado pela população local a mais de 10 anos: o monitoramento por câmeras de segurança na cidade.

Os moradores de Búzios percebem uma queda em sua sensação de segurança ao verem sua rotina alterada pelo aumento populacional e consequentemente aumento da criminalidade.

Em 03 de dezembro de 2015 o vereador Zé Márcio, apresentou na câmara dos vereadores de Búzios a indicação de número 0188/2015 onde solicita ao prefeito André Granado a instalação de um centro de operações e monitoramento para todo o município. E a indicação está tornando-se realidade: ainda em 2015,Zé Márcio conseguiu o apoio de todos os vereadores e juntos colocaram no orçamento de 2016 o valor de R$ 1.530.000,00 para implantação do centro de operação e monitoramento.

Esse ano já houve a abertura do processo administrativo de número 5220/2016 pela Secretaria Municipal De Ordem Pública, para contratação de empresa para implantação do Centro de Operações e Monitoramento por câmeras. Em breve será uma realidade em Búzios.

A Central de Operações e monitoramento será implantada para contribuir com as forças de segurança (bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal, Defesa Civil, Conselho Tutelar), na redução dos índices de criminalidade na cidade e contará, ainda, com portais de monitoramento em todas as entradas do município, dotado de programas de reconhecimento e identificação de placas de veículos. Com câmeras distribuídas por todos os bairros, algumas com os botões de alerta instalados em locais estratégicos da cidade: escolas, praças, e terminais de passageiros. Com as informações em tempo real das concessionárias e órgãos púbicos, e as imagens  captadas por toda a cidade, será possível o deslocamento das equipes com maior rapidez, diminuindo o tempo de resposta nas ocorrências, possibilitando ainda o deslocamento de operadores e o  envio de viaturas para pontos estratégicos.Todos os dados serão interconectados para visualização, na Sala de Controle, em um telão.

“O objetivo é que o Centro de Operações e monitoramento atue de forma permanente na cidade e esteja sempre pronto para situações de emergência. Com as câmeras e um sistema de dados integrado o centro será o quartel-general onde se coordenará e planejará todas as ações desde a antecipação dos fatos até mesmo a atuação mais rápida nos momentos de crise”, explicou o vereador.

O Centro  monitora 24 horas por dia, o cotidiano da cidade, integrando todas as etapas de um gerenciamento de crise, desde a antecipação, redução e preparação, proporcionando resposta imediata às ocorrências, como chuvas fortes, deslizamentos e acidentes de trânsito.

Mais lidas da semana