Mídias Sociais

Cidades

Autoridades e sociedade civil dão abraço simbólico na Lagoa de Araruama

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Um abraço simbólico foi realizado neste domingo, 18, na Lagoa de Araruama. A iniciativa, que se concentrou no município de Iguaba Grande, partiu da sociedade civil e contou com o apoio do Poder Público dos municípios vizinhos, que também são banhados pela Laguna.

Vestidos com camisetas vermelhas, os participantes desenharam um grande coração humano em frente a laguna. Um drone captou as imagens que serão enviadas à ONGs do mundo todo com o objetivo de chamar atenção do que está ocorrendo com a maior laguna hipersalina do mundo.

Quem participou do Abraço à Laguna de Araruama recebeu, também, doações de mudas de árvores frutíferas e plantas ornamentais, serviços da Cruz Vermelha, como aferição de pressão arterial e medição de glicose, aulão de Zumba com o professor DuDu Soares, cortes de cabelo masculino e feminino, brincadeiras ao ar livre e tiveram à disposição pontos para coleta de óleo usado e caminhão de coleta seletiva de lixo, entre outros benefícios. O evento ainda arrecadou alimentos, que serão destinados a instituições da Região.

De acordo com a organização, estiveram presentes os secretários de Meio Ambiente de Cabo Frio, Mario Flavio Moreira, de Iguaba Grande, Marco Antônio Motta, de Araruama, Cláudio Barreto e Luciano Silva, de São Pedro da Aldeia, além de representantes do Inea, que se juntaram a mais de 700 pessoas, no que foi chamado pelos organizadores de “um ato de amor”.

Para o Secretário de meio ambiente de Cabo Frio, o evento foi de grande importância para toda a Região. "Foi um evento exemplar em que, representando o prefeito Dr. Adriano, pudemos colocar a Secretaria de Meio Ambiente de Cabo Frio totalmente à disposição de todos para auxiliar nessa luta pela despoluição da Laguna de Araruama, ressaltando que, dos cinco municípios abrangidos pelo corpo hídrico, somos o maior deles, logo, aumenta, também a nossa responsabilidade. Ações como esta são importantes, mas apenas a união de todos os municípios da Região dos Lagos”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira.

 

Mais lidas da semana