Mídias Sociais

Cidades

Atraso no salários dos servidores gera novas paralisações em Cabo Frio

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Com a chegada do 6º dia útil do mês, a instabilidade volta a afetar o município de Cabo Frio, que tem encontrado dificuldades para conseguir quitar a folha de salário no 5º dia útil, conforme determina a Lei. Com isso, as categorias já começam a paralisar as atividades.

O Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos), iniciou nesta quinta-feira, 08, mais uma greve. A categoria deixou aprovado em assembleia, que todo mês entrará em greve no sexto dia útil, caso o pagamento não seja depositado para todos, incluindo os comissionados.

Os Sindicatos dos Profissionais da Saúde, dos Servidores de Cabo Frio e Associação dos Fiscais Municipais também se mostram aderindo a paralisação.

A Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24h de Tamoios está com atendimento parcial. Os médicos de plantão estão realizando apenas atendimentos emergenciais, que estão dentro da classificação amarela e vermelha.

De acordo com o calendário divulgado pela Prefeitura, os estatutários da Educação foram os primeiros a receber nesta quarta-feira, 07. A previsão é que na segunda-feira, 12, o pagamento seja depositado para os Estatutários da Saúde; Estatutários da Administração; Contratados da Educação; Guarda - Municipal; Já no dia 19, os Contratados da Saúde e no dia 21 o pagamento será finalizado, com o pagamento dos Servidores Comissionados e Fundo de Promoção Social.

 

Mais lidas da semana