Mídias Sociais

Cidades

André Mônica e Miguel Jeovani estão impugnados pelo TRE

Avatar

Publicado

em

 

 

Com suas candidaturas impugnadas, os candidatos MIGUEL JEOVANI E ANDRÉ MÔNICA tem pouco tempo para julgar os recursos e situação preocupa coligações.  A sentença proferida pela Juíza Alessandra de Souza Araújo foi feita no dia 9 de setembro e caso os advogados não consigam recurso favorável, às eleições para prefeito em 2016 poderá se dar por definida.

 

Para o advogado Paulo Mazzei, autor da ação que impugnou André Mônica, os candidatos não terão os recursos em segunda instância julgados antes das eleições. "Eles entraram com recursos, mas creio que dificilmente serão julgados antes da eleição”, explicou. Para o advogado, o julgamento em segunda instância só ocorrerá caso algum deles ganhem as eleições: "Os candidatos somente serão julgados se forem vencedores da eleição. Caso contrário não terá objeto a ser julgado. E, no caso do André a juíza acolheu integralmente a nossa argumentação”, completou.

 

Em relação aos votos dos impugnados, o advogado afirma que só serão validos caso o recurso em segunda instância consiga o deferimento das candidaturas. "Saberemos quantos votos cada um terá. Mas, somente serão validados caso o registro seja deferido. Eu estou satisfeito com a sentença porque um presidente de Sindicato tem grandes responsabilidades. E, por ser André Mônica, um sindicalista e advogado, deveria saber as suas responsabilidades e acima de tudo respeitar a lei”, finalizou o advogado.

 

Mais lidas da semana