Mídias Sociais

Cidades

Aluno do Castelo, de Macaé, conquista medalha de bronze na Olimpíada de Astronomia 2020

Avatar

Publicado

em

 

Da redação

O estudante Davi Antônio Ferreira Velloso, da 2ª série do Ensino Médio do Instituto Nossa Senhora da Glória – INSG/Castelo – é, mais uma vez, motivo de orgulho para a coordenação pedagógica e todo corpo docente. Davi conquistou o 3º lugar na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica 2020 (OBA 2020 VIRTUAL). Receberá a medalha de bronze e o certificado. Sua colocação veio após a realização de uma prova para avaliação de conhecimento, com dez questões (sendo sete questões de Astronomia e três de Astronáutica), promovida de forma online para todos os participantes do país.

“É uma honra muito grande poder ter representado a escola na Olimpíada. Desde pequeno sou apaixonado pelo tema. Quando conheci o Planetário do Rio de Janeiro e o Observatório da Serra da Piedade, em Belo Horizonte (BH), eu me apaixonei pela astronomia e desde então procurei o máximo de conhecimento. Comecei a ler sobre o assunto na Revista Recreio, assisti a alguns programas no Discovery, mas o que me fez criar interesse em participar da OBA ocorreu quando ganhei de presente do meu pai um telescópio e ele me apresentou ao Bernardo Riedel, construtor de telescópios em BH. Foi o Bernardo que me falou para participar da Olimpíada. Pedi orientação aos meus professores na primeira vez e desde então faço a prova. Meu sonho é ser Físico, me especializar em Astronomia e a prova da OBA tem me ajudado a construir esse caminho”, revelou Davi, que em 2019 já havia recebido uma medalha pelo seu bom desempenho na Olimpíada.

A OBA acontece em uma única fase e os professores e diretores envolvidos no processo também são agraciados com certificados, bem como a escola recebe um certificado com o nome dela.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana