Mídias Sociais

Cidades

Aeroporto de Búzios é reaberto com diversas novidades

Avatar

Publicado

em

 

Neste sábado, dia 28, às 11h, Búzios reabre o seu aeroporto após quatro anos fechado. A reabertura será um salto de capacidade no turismo do balneário. Pequenas aeronaves e helicópteros vindos de Estados Brasileiros e da América Latina poderão aterrissar no aeroporto de Búzios, que tem o nome oficial de Aeródromo Civil Público Umberto Modiano.

 

Por conta das condições irregulares de funcionamento, a pista inaugurada em 2003 foi fechada em 2012 pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Desde então o Aeroporto passou por reforma se foi arrendado por um grupo de empresários.

 

Após a vistoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DCEA), o então Ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, deu a partida para a reabertura do aeroporto.

 

São 1300 metros de pista com 30 metros de largura. O aeroporto implantará um condomínio aeronáutico com 267 hangares para aviação, com toda a estrutura apropriada. Os hangares terão 12x12m; 14x17m; 18x20m; 25x27m e 30x40m. Ainda terá táxi aéreo, oficinas e uma escola de aviação.

 

O local, inicialmente, vai receber aviação executiva e desportiva, ou seja, será privado. Mas recebeu autorga e tramita para ser civil público. E será operado em VFR Diurno (Regras Visuais de Vôo). A empresa responsável pelo Aeródromo pretende programar 20 condomínios aeronáuticos no país, fazendo ligação de norte ao sul do Brasil.

As aeronaves serão controladas pelo controle do Rio de Janeiro ou Macaé e de acordo com a rota, passarão pelo controle de São Pedro D’Aldeia. Segundo o gerente de projetos e implantação, Alexandre Mauricio da Silva, Búzios se desenvolverá não só no turismo, mas também na economia, “esse empreendimento junto com o aeroporto vem de encontro ao desenvolvimento econômico do município trazendo para a cidade de Búzios um salto de qualidade”, disse.

 

 

Mais lidas da semana