Mídias Sociais

Caderno D

Motorhome de cerveja artesanal visita Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Os irmãos argentinos, Lucas e Federico Martino, de 30 e 28 anos, respectivamente, se despedem de Macaé depois de passarem pela cidade em uma excursão pelas Américas. Os dois embarcaram há sete meses em uma aventura sobre quatro rodas com o único objetivo de viajar por toda a América.

Para garantir o custeio desta aventura e também para possuírem o próprio negócio, eles vendem cerveja artesanal produzida dentro de um motorhome, que eles mesmos construíram. Eles pegaram o veículo na carcaça e trabalharam toda parte de mecânica e estética do Motobar (como é conhecido).

No bar do motorhome, existem as opções de cerveja pilsen, escura com leve sabor de café (malte torrado) e Índia Pale Ale (IPA) com mel e feita de lúpulo da Patagônia.

Quando iniciaram a aventura há sete meses, saíram de El Bolson, na região da Patagônia, na Argentina, planejando viajar pela costa do Brasil e por onde param, eles marcam num mapa desenhado no veículo.

O ônibus personalizado e colorido, que transporta os argentinos, levou oito meses para ser adaptado e ficar exatamente da maneira como eles queriam. Dentro do motorhome, ano 1964 há um pequeno cômodo com duas camas, banheiro com chuveiro de água quente e fria, uma mesa para as refeições, diversas garrafas e barris para armazenar a bebida produzida pela dupla.

Os irmãos estão se despedindo de Macaé, depois de permanecerem na cidade por quase duas semanas. Geralmente eles não para tanto tempo assim em um lugar, mas a aceitação dos macaenses foi surpreendente. Sem contar no apoio dado pela presidência da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

O clube ofereceu todo o espaço para os irmãos utilizarem, tanto no lazer, quanto na fabricação das cervejas.

Segundo o presidente da AABB, Leobino Ribeiro, o incentivo realiza sonhos. “É bom incentivar aqueles que sonham, que são do bem. Esses meninos são aventureiros, mas também empreendedores. E isso deve ser levado à sério. Além do mais, eu experimentei as cervejas e realmente são de boa qualidade”, destacou.

Já a dupla agrade a acolhida e aguarda futuramente uma nova visita à Macaé. “A cidade nos recebeu muito bem e voltaremos outras vezes”, disseram.

 

Esio Bellido

Foto: Divulgação

Mais lidas da semana