Mídias Sociais

Caderno D

Jovens atores se apresentam no Teatro de Rio das Ostras na sexta-feira (12)

Publicado

em

 

Companhia teatral  vai encenar duas peças, sendo uma delas, o clássico da literatura e do cinema, “O Mágico de Oz”

Daniela Bairros

Depois do sucesso das apresentações no mês passado, a Cia Mosaico de Teatro volta ao palco do Teatro Popular de Rio das Ostras nesta sexta-feira, dia 12, a partir das 19h, para encenar duas peças. A primeira delas é um clássico da literatura e do cinema, “O Mágico de Oz”, adaptada do livro de L. Frank Baum. A segunda, “Infinito Enquanto Dure”, que tem texto de Cezar Santa Ana e faz uma viagem atemporal para falar do amor. Os dois espetáculos são apresentados e dirigidos por Rogério Araújo.

“O Mágico de Oz”, que reúne alunos do Ensino Fundamental, propõe uma reflexão a partir de representações metafóricas da bondade, inteligência e coragem. Tudo isso acompanhando a jornada de Dorothy e seus amigos Espantalho, Homem de Lata e Leão em busca do poderoso mágico.

Uma grande homenagem à união entre o amor e o teatro, “Infinito Enquanto Dure” é apresentado por alunos do Ensino Médio e começa com o mito de Orfeu e Eurídice a partir de uma releitura de Vinícius de Moraes. O “Poetinha”, por sinal, inspira o título da peça com seu Soneto de Fidelidade.

As dramaturgias de Shakespeare, Strindberg e Jô Bilac também se fazem presentes no cenário amoroso e utópico da peça. Fragmentos de Drummond, Fernando Pessoa, Camões, Luiz Puntel e da lírica trovadoresca completam o tributo a todos os amores.

Mais sobre O Mágico de Oz

A trama gira em torno da pequena Dorothy que vivia com seus tios no Kansas-EUA, até ser vítima de um furacão e levada pelos ares em uma terra desconhecida, juntamente com seu cachorrinho de estimação Totó. Na hora de sua aterrissagem, destroços e ela caem em cima da bruxa malvada que amaldiçoava a localidade, trazendo assim a sua morte. Depois do fato inusitado, alguns servos da bruxa aparecem e a aclamam como heroína por salvar suas vidas da servidão da bruxa.

Depois de matar inesperadamente a bruxa malvada, Dorothy está desesperada para voltar para casa. Ela recebe orientação para procurar ajuda do Feiticeiro de OZ.

A partir daí começa a jornada incansável da protagonista para encontrar uma forma para voltar para sua terra natal. No caminho ela encontra o espantalho, o homem de lata, o leão covarde.

 

Chegando à Cidade das Esmeraldas, o Mágico recebe a garota, propondo uma condição para ajudá-la: Matar a Bruxa do Oeste. Sem muitas opções, a pequena Dorothy aceita o perigoso desafio. Apesar de perdas, ela consegue derrotar a bruxa má e retorna para a o Feiticeiro.

No entanto, ela descobre que o Feiticeiro era uma fraude, e não passava de um velhote com truques baratos. Apesar da fraude, o Mágico ajuda Dorothy e seus companheiros, construindo um balão para levar a personagem de volta para sua terra. Na hora da partida, apenas o mágico acaba embarcando, pois o cachorro da menina havia fugido.

Depois de perder sua viagem de volta para sua terra, Dorothy recebe ajuda da Bruxa Boa. Lá ela descobre que a solução estava em seus próprios pés, os sapatinhos prateados que havia pego da bruxa malvada no inicio do conto eram mágicos. Com a magia dos sapatinhos ela consegue retornar para o Kansas, e assim termina o primeira série dessa aventura que aparenta não ter um fim.

SERVIÇO:

O Mágico de Oz / Infinito Enquanto Dure

Data: Sexta-feira, dia 12/5

Horário: 19 horas

Local: Teatro Popular de Rio das Ostras

Endereço: Avenida Amazonas, s/nº – Centro

Ingressos: R$ 10,00 (Inteira) e R$ 5,00 (Meia)

Mais lidas da semana