Mídias Sociais

Caderno D

Festa do Folclore vai movimentar São Pedro da Aldeia

Avatar

Publicado

em

 

A tradicional Festa do Folclore, que é considerada por muitos como a verdadeira festa da família aldeense, vai acontecer no sábado, dia 24 de setembro, a partir das 12h na Praça Hermógenes Freire da Costa (Praça do Skate).

A estrutura terá 19 barracas representando países, estados e o município de São Pedro da Aldeia, além de danças típicas como Carimbó, dança gaúcha, capoeira, entre outras e apresentações culturais. O evento é uma realização da Prefeitura da cidade, através da Secretaria de Turismo, Cultura e Lazer.

Segundo a secretária de Turismo, Cultura e Lazer do município, Sandra Coelho, diversas entidades de São Pedro da Aldeia participam da festa, cada uma representando um estado ou país e são responsáveis pelos pratos típicos e apresentações referentes.

“Haverá premiação para as três melhores representações folclóricas, os critérios para a análise serão de decoração da barraca, prato e apresentação. Esta é a verdadeira festa da família aldeense, resgatada há três anos pela atual administração”, afirmou a secretária.

Pela primeira vez, a festa irá acontecer na Praça Hermógenes Freire, às margens da Lagoa, aproveitando a estrutura de palco já existente no local.

Na barracas o visitante encontrará comidas típicas e artesanatos referentes aos estados, países e o município representado, com cardápios variados, como acarajé, tacacá, tapioca, entre outros.

A decoração das barracas é outro item que merecerá destaque e promete surpreender os participantes. Cada convidado, selecionado entre Ongs, escolas e particulares, representará um país, estado ou município.

Participam da festa o Rotary, Clube da Melhor Idade, Associação dos Artesãos, NED Vida, Artesãos da Casa da Neusa, Rincão Dominicano, Escola de Dança Afro-carioca, Instituto Siqueira Félix, Escola Arca de Noé, algumas escolas da rede municipal, além de colaboradores particulares.

A tradição do folclore

O folclore manifesta-se de muitas formas e em todas as regiões do mundo, pois a cultura popular é bastante versátil e se desenvolve com força em qualquer povo. Da mesma forma que a cultura erudita, ou a chamada “alta cultura” (literatura, música clássica, poesia, teatro, etc), a cultura popular é de suma importância para a construção da identidade de um povo, ou de uma civilização inteira.

O conjunto de lendas, de provérbios, de encenações e festas, sempre concentra, em seu fundo, uma sabedoria de conteúdo moral, tal como as fábulas e contos de fadas. Geralmente é essa sabedoria que orienta as comunidades locais, que vivem circunscritas em determinada tradição. A tradição folclórica do Brasil, por exemplo, desenvolveu-se de variadas formas de acordo com as regiões do país. Esse desenvolvimento se deu a partir da mistura das tradições dos principais povos que se misturam em terras brasileiras, notadamente, povos africanos, os nativos indígenas e europeus.

As tradições populares são conservadas por meio do folclore. Através de uma festa, como a do Bumba meu boi, toda uma herança imaterial, isto é, um estoque de valores e sabedoria tradicional é passado de geração em geração. É de suma importância, portanto, o estudo e o conhecimento das práticas do folclore, não apenas do Brasil, mas de todos os povos, das variadas regiões do Brasil.

A tradicional Festa do Folclore de São Pedro da Aldeia, faz esse resgate e apresenta através de países, estado e município a tradição do folclore de cada região.

 

Esio Bellido

Foto: Divulgação

 

 

Mais lidas da semana