Mídias Sociais

Caderno D

Espetáculo sobre a inesquecível Era do Rádio volta ao Teatro Popular de Rio das Ostras neste fim de semana

Avatar

Publicado

em

 

Peça da Cia Teatral Fantasia, que já passou por Petrópolis e Teresópolis em 2017, volta à cidade onde esteve em abril deste ano

O Teatro Popular de Rio das Ostras, no centro da cidade, recebe este fim de semana a comédia absurda A Sinfonietta, repleta de poesia, ritmo e humor, encenada pela Cia Teatral Fantasia, de Teresópolis.

Em sua segunda temporada na cidade, o espetáculo tem início às 20h, em sessões realizadas neste sábado, 28, e domingo, 29. Os ingressos serão colocados à venda na bilheteria do teatro ao preço de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Nesta montagem do grupo da região serrana do estado, este clássico do teatro do absurdo, do autor Jean Tardieu, traz a musicalidade na qual os personagens e suas histórias representam a melodia de uma sinfonia.

A Sinfonietta remonta à inesquecível e bem humorada Era do Rádio, traduzindo o cotidiano de uma novela de rádio dos anos 40. A peça conta a história de uma orquestra de vozes que realiza uma conversação absurda e totalmente desconcertante quando o maestro se atrasa e os coristas precisam se apresentar, mesmo que desarrumados e semivestidos.

Com direção e Vanize Claussen e uma grande surpresa já na entrada do público no teatro, o espetáculo, que já passou por Petrópolis e Teresópolis em 2017, e esteve em Rio das Ostras em abril deste ano, tem apoio cultural da Fundação Rio das Ostras de Cultura (FROC) e da prefeitura.

Teatro do Absurdo – Cunhada pelo crítico inglês Martin Esslin no fim da década de 50, a expressão “Teatro do Absurdo” serviu para agrupar peças que demonstravam desolação, solidão e dificuldades de comunicação entre as pessoas, atmosfera que tomou conta da Europa nos primeiros anos depois da 2ª Guerra Mundial.

Por meio de alguns traços estilísticos e temas que divergiam radicalmente da dramaturgia tradicional realista, as peças do Teatro do Absurdo não retratavam um movimento teatral organizado nem de um gênero, mas de uma classificação que visa colocar em destaque uma das tendências teatrais mais importantes da segunda metade do século XX.

Entre os principais dramaturgos do Absurdo estão o romeno radicado na França, Eugène Ionesco (1909-1994), o francês Jean Tardieu (1903-1995), o irlandês Samuel Beckett (1906-1989), o russo Arthur Adamov (1908-1970), o inglês Harold Pinter (1930-2008) e o espanhol Fernando Arrabal (1932).

BOX: Serviço

A Sinfonietta

Texto: Jean Tardieu

Direção: Vanize Claussen

Data: 28 e 29 de julho

Horário: 20h

Local: Teatro Popular de Rio das Ostras, na Avenida Amazonas, s/n, no Centro

Telefone: (22) 2764-1703.

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Classificação livre

 

Mais lidas da semana