Mídias Sociais

Caderno D

4 feiras que você não pode deixar de conhecer em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

É natural do ser humano, buscar uma maior qualidade de vida e a cada ano, é fácil constatar o movimento que o mundo faz em torno dessa questão. Tudo o que se refere a este assunto é cada vez mais divulgado, fazendo com que as pessoas tenham uma maior liberdade de escolha e também transformando o cotidiano de milhares de pessoas pelo planeta. Sem sombra de dúvidas, a questão da alimentação é um dos pontos mais importantes no que se refere à nossa evolução. Estamos presenciando um aumento muito significativo na produção de alimentos orgânicos. Nunca vimos tantos lugares se especializando neste segmento que cresce a olhos vistos todos os dias. Junto com essas novas escolhas, o hábito de frequentar feiras está em alta e uma nova maneira de fazer compras está voltando com tudo no dia a dia das pessoas.

Mesmo com shoppings, lojas e supermercados, as feiras permanecem em Macaé, colorindo as ruas, reafirmando antigas tradições e quem pensa que essa forma de comércio não é tão antiga assim, vai se surpreender ao saber que elas surgiram mais ou menos por volta de 500 a.C., o que nos leva a crer o quanto elas são importantes e contam muito bem sobre a história de uma região. Aqui no Brasil, os registros das primeiras feiras, datam do tempo da colonização, o que ajudou a promover o desenvolvimento da economia interna do país. De lá pra cá, o costume delas acontecerem uma vez por semana, nunca mais deixou de fazer parte da nossa vida.

Quando falamos em programas ao ar livre, Macaé dá um verdadeiro show. São eventos gastronômicos, esportivos, shows, eventos culturais, tudo ao ar livre, aproveitando o melhor da paisagem litorânea para compor cenários incríveis.

Mas voltando especificamente a citar a existência das feiras da cidade, podemos destacar a Feira do Produtor Rural de Macaé, mais conhecida como Feirinha da Roça, como a mais antiga da cidade. A feira completou este ano 20 anos de existência e é uma tradição em Macaé, consumir produtos frescos, da melhor qualidade, produzidos por agricultores da região. Lá é possível encontrar o melhor em frutas, verduras, hortaliças, ovos, carnes, doces, bolos, condimentos e muito mais. Conhecida pela venda de produtos livres em agrotóxico, a feirinha mais querida da cidade começa cedo e é preciso ter disposição para chegar o quanto antes para garantir uma compra super fresca. Os primeiros consumidores chegam por volta de quatro e cinco da manhã, mas mesmo sendo tão cedinho, vale muito a pena e é até um ótimo motivo para se aproveitar ainda mais o final de semana.

E já que o tema é feira, podemos destacar outras que acontecem em Macaé e que vem conquistando os moradores de várias regiões da cidade. A Feirinha do Mirante, por exemplo, acontece as quintas e além de ser um lugar onde encontra-se uma variedade imensa de produtos frescos, ela vem se tornando muito querida por estar se tornando um ponto de encontro entre os moradores e dessa forma, ela vem ganhando uma importância ainda maior. Famílias inteiras vão ao local para se deliciar com várias gostosuras e o horário também é super convidativo. Começando sempre as 18h, é a pedida para finalizar o dia de trabalho de forma bem informal e divertida. Lá você encontra empadas da melhor qualidade, massas caseiras, tapiocas, crepes, pães artesanais e muito mais. E não só de alimentos é composta a feira; uma área verde, muito agradável foi reservada para que as crianças também possam aproveitar. Uma estrutura com parquinho, quadra de esportes e um pula-pula, torna ainda mais feliz o finalzinho do dia e dessa forma, todos retornam para suas casas super felizes.

Assim como a Feirinha da Roça é tradição pura em Macaé, não podemos esquecer nunca a Feirinha da Praça Veríssimo de Mello, que também é uma grande representante do comércio na cidade. A linda praça abriga o que existe de melhor da culinária nordestina, oriental e italiana. Quem ama doces caseiros vai se fartar com as maravilhosas compotas que são sempre uma ótima pedida para finalizar muito bem um almoço ou incrementar uma receita própria. Além de tudo isso, barraquinhas com artesanatos especiais são encontrados facilmente.

E para fechar as nossas indicações de feira em Macaé, a mais nova delas está fazendo um baita sucesso. Tanto que passou a fazer parte do calendário oficial de eventos mensais da cidade e é a maior representante da cultura afro, apresentando todo o colorido das roupas com inspirações étnicas, muito artesanato e é claro, comidinhas mais que especiais. Tudo da melhor qualidade, valorizando o empreendedor de Macaé e revelando as maravilhas da cultura afro com apresentações culturais. A feira acontece em dias diferentes e para não perder as edições, vale ficar de olho nos eventos criados pela página oficial no Facebook, pois existem variações de datas e de locais.

Bom, já deu pra notar que não faltam opções de feiras pela cidade. Muitas outras acontecem em escalas menores em diversos bairros, reafirmando suas tradições, levando a população para as ruas e fazendo com que todos conheçam mais de perto as habilidades dos artesão locais e dos produtores agrícolas da região, que tanto trabalham para o desenvolvimento do município.

Para deixar anotado e não esquecer:

A Feirinha da Roça acontece aos sábados, das 5h as 13h, na Rua Manoel Joaquim Reis, Centro.

A Feirinha do Mirante é sempre as quintas, a partir das 18h, na própria praça do bairro.

A da Praça também é as quintas, mas a partir das 16h, na Pça. Veríssimo de Mello.

E a Feira Afro Cultural Raízes, tem calendário variado, mas também faz parte do time das feiras da Praça Veríssimo de Mello, podendo também acontecer em outros locais, sempre de 9h as 18h.

Mariana Abrantes

Mais lidas da semana