Mídias Sociais

Artigos

Algumas dicas para conseguir sua recolocação na entrevista de emprego.

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Não há uma fórmula mágica para ser aprovado em um processo seletivo.
Ser gentil, interessado e atencioso, vai causar uma boa impressão inicial ao entrevistador, desde quando você chega ao local da entrevista, lembre-se que as pessoas comunicam-se entre si. Trate bem desde a recepção até o entrevistador. Você está sendo observado da hora que chega, até a hora que sai. Portanto, estar tranquilo e relaxado é uma boa dica para que desenvolva bem sua linha de raciocínio na hora da entrevista, por isso é importante que chegue com antecedência- não muito-para estabilizar suas energias.
Sabemos que é um desafio falar sobre si mesmo, ainda mais numa entrevista de emprego. Pense que 99% das pessoas já passaram sobre isso, no entanto, controle-se.

Antes da entrevista

Empresa

Pesquise um pouco sobre a empresa, quem ela é, o que ela faz, como ela se posiciona, quais seus projetos...
Até para você saber se seus objetivos estão alinhados com os da empresa.
Isso é muito importante, para que não fique insatisfeito com a cultura da empresa após a contratação.
Lembre-se que será uma parceria contratual e caso você seja escolhido, evite desgastes organizacionais por incompatibilidade com a visão e a missão da empresa depois de contratado.

Trajeto

Pesquise sobre o local, endereço completo, uma referência, qual trajeto irá fazer, como é o trânsito, quais conduções terá que pegar, com quantas horas de antecedência você precisa sair de casa para não se atrasar e não passar uma má impressão.
A pontualidade é um ponto positivo para o candidato.

Boa Apresentação

Vista cores neutras de maneira mais formal ou vestimenta compatível com o cargo pretendido.

Na entrevista...

Algumas respostas na manga, podem ajudar a você se sentir seguro.
O mercado de trabalho está cada vez mais exigente e competitivo, estar preparado para algumas perguntas clichês pode te ajudar.

Veja bem, não é para decorar e sim orientar como você pode se sair, para não dar mancada ou branco e causar boa impressão.

Vamos lá!!! Cinco exemplos de perguntas e respostas:

1)Fale um pouco sobre você:
.
Diga sobre suas experiências, mencione sobre algumas atividades relevantes e de sucesso que executou, ações, trabalho em equipe ou projetos em faculdades.
.
Pode também falar sobre seus hobbies de forma bem leve e objetiva.
.
Ex: Espero desenvolver minhas habilidades em ( área de atuação) pois gosto de trabalhar com ( dar alguns detalhes da áreas).Gosto de ( fale sobre o que de fato gosta de fazer) para me manter motivado e feliz.

2) Quais seus pontos fortes:

Não minta, seja honesto e verdadeiro com você e lógico mantenha o bom senso.
Relacione suas habilidades e qualidades profissionais, lembre-se dos elogios quando da execução de serviço no seu trabalho anterior, de acordo com a necessidade da vaga.
Nada de pontual, detalhista, dinâmico ...Os recrutadores não querem uma lista de adjetivos e sim analisar sua desenvoltura em situações passadas.
Exemplos de pontos fortes, veja qual você se identifica:

Liderança (habilidade de coordenar e incentivar a produtividade)
Trabalho em equipe (habilidade de trabalhar coletivamente para resolver um problema)
Comunicativo (habilidade de se relacionar e se comunicar facilmente)
Proatividade (Postura ativa na resolução de problemas)
Organização (habilidade para manter suas coisas em ordem)
Visão sistêmica (habilidade de analisar amplamente uma situação)
Flexibilidade (habilidade que possibilita fácil adaptação a diferentes ambientes, atividades ou situações)
Criatividade (habilidade de criar soluções para problemas)
Cuidado, pois o recrutador pode pedir que você dê exemplos, contando uma história real que afirme a qualidade apresentada.

3) Quais seus pontos fracos:
Sei que é difícil reconhecer nossos defeitos, mas nesse momento não é para testar sua honestidade em relação a si, e sim em apurar a sua capacidade de superação em trabalhar suas fraquezas profissionais, superá-las e atingir os objetivos.
Ex1:”Não sou boa para falar em público mas assistindo palestras no youtube faço vídeos e stories na internet para interagir,e isto tem me ajudado a desenvolver esta habilidade”.
Ex2:”Tenho dificuldades em expressar opiniões em grupo, por medo de ser mal interpretada, mas com feedback anteriores, através de idéias e soluções que precisei me colocar para melhorar alguns processos para desenvolver minhas atividades na área que impactaria no grupo, meu gestor me ajudou que nem sempre, opinar gerará desconforto aos envolvidos se colocado de maneira correta e com embasamento de exemplos de melhorias.
Ex3: Sou autocrítica com meus resultados e sempre acho que poderia ter feito melhor, desde então trabalhar o autocontrole, faz parte do meu dia a dia, para não afetar minha produtividade nos meus diversos desafios e projetos diários.
4) Como compensar sua falta de experiência...
Os recrutadores avaliam atividades extracurriculares que tenham desenvolvido o candidato e possa agregar a função desejada.
Relate experiências de bons resultados que tenha vivido no âmbito pessoal, trabalhos voluntários, estágios não remunerados, projetos pessoais...
Caso tenha trabalhado de “bico” na família ou no comércio da cidade, igreja, mencione algo que valorize a vaga em questão.
Participar de cursos online na sua área, ainda que gratuitos, hoje tem muitos, é uma boa forma de mostrar seu desenvolvimento profissional, ainda que nunca tenha trabalhado na área.
Esperamos que essas dicas simples ajudem você a se dar bem na entrevista de emprego.
Siga-nos também nas redes sociais e fique por dentro de todas as nossas novidades e informações!
https://instagram.com/dphumanos?igshid=dwdssww25gwc

Karinne Pierre
CEO dphumanos
Técnóloga em RH

Mais lidas da semana