Mídias Sociais

Sem categoria

Primeiras candidaturas a prefeito em Arraial do Cabo e Conceição de Macabu são deferidas pela Justiça Eleitoral

Avatar

Publicado

em

 

O site de cadastro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) amanheceu com novidades nesta quinta-feira, 8, com mais 11 pedidos de registro de candidaturas a prefeito deferidas em 5 cidades da Região dos Lagos e do Norte Fluminense.

Algumas dessas cidades, como Arraial do Cabo e Conceição de Macabu, que estavam com todos os pedidos de registro aguardando julgamentos, até a véspera do feriado de Proclamação da República, na última quarta-feira, 7, tiveram seus primeiros pedidos aceitos pela Justiça Eleitoral.

Em Arraial do Cabo, cidade com o maior número de candidatos a prefeito na região, somando 7 chapas no total, 3 delas obtiveram julgamento positivo do juiz eleitoral do município, com deferimentos de candidaturas a prefeito e vice-prefeito.

Na cidade, as chapas compostas por Cacau (PSDC) e Dico (PSDC), Mazinho (PROS) e Kátia Wenceslau (PROS), e Paulinho do Pastor (REDE) e Professora Paulina (REDE), chamadas “puro sangue”, por contarem com candidatos do mesmo partido, tiveram suas candidaturas deferidas.

Outra cidade a ver seus primeiros deferimentos na disputa pela prefeitura municipal foi Conceição de Macabu, que, nesta quinta-feira, acordou com os pedidos de registro de candidatura a prefeito de Dr. José (PSDB), Kódia Ramalho (PSB), Maurício da Amorosa (PCdoB), e Túlio Gabriel (PPS), deferidos pela Justiça Eleitoral.

Os 4 candidatos não tiveram problemas também com as candidaturas de seus vices, respectivamente, Hélio Lima Guerhard (PR), Jorge Mérida (PSB), Jaqueline da Piteira (PCdoB), e Leleco (PPS), que tiveram suas candidaturas deferidas.

Mas elas não foram as únicas cidades na região com novidades neste período de campanha eleitoral visando as eleições municipais do próximo dia 2 de outubro. Em Carapebus, onde Alexandre Guedes (REDE), Bernard Tavares (PSD) e seus respectivos vices já haviam sido confirmados em primeira instância, Luiz Fragoso (PDT) também teve sua candidatura deferida, bem como a de seu vice, Cláudio Prata (PDT).

O mesmo aconteceu em Macaé, onde o atual vice-prefeito, Danilo Funke (REDE), que também teve seu pedido de registro deferido pela Justiça Eleitoral nesta quinta-feira, desmentindo os boatos de que desistiria de sua candidatura para apoiar a do vereador Chico Machado (PDT), que disputará a prefeitura contra Dr. Aluízio (PMDB) e o também vereador Igor Sardinha (PRB), que também já tiveram suas candidaturas deferidas.

Outro candidato da REDE que teve sua candidatura a prefeito posta à prova, com boatos de desistência foi o vereador João Medeiros (REDE), que concorre em Casimiro de Abreu, e teve seu pedido de registro deferido, assim como o arquiteto Fabinho Kiffer (PSC), candidato do atual prefeito da cidade, Antônio Marcos (PSC). Os dois se juntam ao ex-prefeito Paulo Dames (PSB) e ao Professor Fabiano (PSOL), cujos pedidos já haviam sido deferidos.

Assim como os candidatos a prefeito, os candidatos a vice nas chapas de Danilo Funke, em Macaé, e de João Medeiros e Fabinho Kiffer, em Casimiro, respectivamente, Marcinho da Loteria (PV), Adílson Mecânico (PMDB), e Ronaldo Leonardo (REDE), também tiveram suas candidaturas aceitas pela Justiça Eleitoral em seus municípios.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana