Mídias Sociais

Sem categoria

Obra abandonada da Rua Orlando Bragança, em Unamar, bairro de Cabo Frio gera transtornos para os moradores

Avatar

Publicado

em

 

O sonho de ter uma rua pavimentada, tornou-se um verdadeiro pesadelo para os moradores da Rua Orlando Bragança, mais conhecida como rua do DPO, em Unamar, bairro do segundo distrito de Cabo Frio. A obra, que deveria ter sido concluída ano retrasado, segue parada e sem previsões positivas.

Com a chuva e a passagem de carros constantes, a rua tem ficado cada dia pior. Muitos buracos, além é claro da lama. O pior é que a situação deixa os motoristas sem saber o que fazer, já que a alternativa 'menos pior' é mais arriscada.

"Está impossível passar por esses buracos. É pedir para ter o carro quebrado. No meu caso a opção seria a Rua Sinagoga, mais lá está bem violento, ou seja, não temos muitas opções", lamentou um morador, que preferiu não se identificar.

Um grupo de moradores está se juntando para custear uma máquina para amenizar o problema. Afinal, segundo eles, é mais econômico pagar a máquina do que o conserto dos veículos.

A rua tem uma extensão grande de mais de oito quilômetros, além de um número expressivo de moradores, que sofrem com o transtorno da falta de pavimentação, já que apenas parte da rua foi contemplada com uma obra realizada pela administração anterior.

A reivindicação é antiga por parte dos moradores da localidade, que depois de muitas reclamações conseguiram uma reunião com o atual Prefeito no local, em meado do ano retrasado. Na frente de centenas de moradores, ele teria prometido que a obra seria realizada o mais rápido possível para trazer dignidade aquela população, e que até o final de 2014, os moradores não sofreriam mais esse transtorno. Porém, a promessa foi apenas mais uma das não cumpridas que entrou para lista do atual governo. A obra começou, mas foi abandonada, sem muitas explicativas, além da crise.

Ainda falando de promessas não cumpridas, o assunto traz a tona outro problema, esse com relação ao transporte. Além da pavimentação, na reunião onde foi anunciada a obra, o Prefeito também teria prometido a circulação nesta rua, de um ônibus “Azulão”, que faz o transporte gratuito da população em Tamoios. Isso porque com a extensão longa, os moradores sofrem para se locomover até a Rodovia. No local, apenas um ônibus da Salineira atende, esse que passa três vezes ao dia. Essa foi uma medida compensatória proposta pelo Prefeito ao ser questionado com relação a situação das vans, que atenderiam as localidades mais afastadas, de acordo com propostas de campanha, porém, essa situação até hoje não faz parte da realidade do Distrito.

Mais lidas da semana