Mídias Sociais

Destaque

Estado anuncia reforço de militares do Proeis na segurança das escolas públicas de Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Mais de 80 policiais militares que irão atuar nas 40 unidades escolares do município.

A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) anunciou, nesta terça-feira (3), que as escolas públicas estaduais de Macaé ganharão em breve um reforço com mais de 80 policiais militares que irão atuar nas 40 unidades escolares do município.

A notícia foi divulgada por meio de nota oficial, após ameaças de ataques contra as escolas do município, feitas em redes sociais.

O órgão afirmou que o convênio será assinado em breve, com o objetivo de reforçar a proteção da comunidade escolar e do patrimônio, e também aproximar estudantes da Polícia Militar.

A proposta deve ser iniciada ainda neste primeiro semestre e será levada somente a colégios cujos diretores venham a solicitar o Programa Estadual de Integração da Segurança (Proeis).

A presença de policiais militares na comunidade escolar tem o objetivo de proteger os alunos e professores e deve contribuir para a redução ou mesmo extinção naquela unidade de ensino do aliciamento de alunos no entorno da escola; do bullying; e do consumo e/ou venda de drogas no entorno da unidade. Além disso, poderão ajudar na organização do trânsito nos horários de entrada e saída dos turnos dos alunos.

Nessa primeira fase do convênio firmado entre o Proeis e a Secretaria de Estado de Educação, serão beneficiados em torno de 25 mil alunos e mais de 6 mil professores. Algumas escolas terão policiamento por até 24 horas. Os policiais cumprirão três turnos de oito horas cada.

Os primeiros colégios serão criteriosamente escolhidos de acordo com a realidade de cada unidade escolar e solicitações dos diretores. A primeira fase do convênio funcionará como um piloto, após a qual a Seeduc pretende levar o policiamento militar a toda a rede pública do Estado.


 

Mais lidas do mês