Mídias Sociais

Saúde

Cabo Frio realiza programação em prol do Combate ao Aedes Aegypti

Avatar

Publicado

em

 

De 23 a 31 de outubro, o município terá uma programação que inclui palestras, oficinas e panfletagem

Com o intuito de incentivar o Combate ao Aedes aegypti, o município de Cabo Frio irá promover, entre os dias 23 e 31 de outubro, a Semana Nacional de Mobilização no Combate ao Aedes Aegypti. A atividade contará com palestras, oficinas e panfletagem.

De acordo com a Prefeitura, os trabalhos junto aos moradores cadastrados já foram iniciados através dos Cras, assim como ações em diversas comunidades, promovendo uma série de atividades com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de eliminar os focos do mosquito.

Entre segunda e sexta-feira, 23 a 27, o projeto de mobilização contra a dengue vai agitar os adolescentes do Jardim Esperança, mesclando atividades internas (no Cras) e externas, com caminhada para panfletagem e sensibilização da comunidade. Já no dia 24, às 13h30, a palestra de combate ao mosquito será no Cras de Botafogo com foco nas crianças e adolescentes. No mesmo dia, no Cras Central, será realizada uma caminhada pela conscientização nos bairros adjacentes e haverá ainda ação no Posto de Saúde com entrega de folders.

Em Monte Alegre, o dia da intensificação da campanha será no 25, às 14h, com palestras e vídeos. E no dia 26 a programação será no Cras do Jacaré, às 10h. Em cada atividade interna são esperadas, em média, cerca de 50 pessoas, e as informações serão direcionadas para os assistidos de todas as idades. As palestras serão abertas ao público. Encerrando a programação, no dia 31 um espetáculo de teatro infantil com a equipe da Vigilância Sanitária (mobilização contra a dengue) vai levar conscientização para o Cras do Jardim Esperança.

“Através dos Cras conseguimos atingir muitas famílias, além da comunidade local, para um assunto de muita importância. A prevenção e o combate são as formas mais efetivas para o combate ao mosquito”, afirmou a coordenadora de Saúde Coletiva, Lucy Pires.

De acordo com a Superintendência de Saúde Coletiva, em 2015 foram notificados 234 casos de dengue na cidade e no ano de 2016 foram constatados 331. Neste este ano de 2017 foram registrados 205 casos.

 

Mais lidas da semana