Mídias Sociais

Política

TSE decide por unanimidade que Marquinho Mendes não pode ocupar o cargo de prefeito de Cabo Frio

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Na noite desta terça-feira, 24, o Tribunal Superior Eleitoral – TSE decidiu, por unanimidade, caçar o registro de candidatura do Prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes (MDB). Com a decisão, o então prefeito terá que desocupar o cargo nos próximos dias e o município realizará novas eleições.

Os ministros presentes seguiram a decisão da relatora do processo, a ministra Rosa Weber, que já teria se mostrado contraria a candidatura de Marquinho Mendes, desde o início do processo. Em sua decisão, a ministra afirma que Marquinho Mendes estava inelegível nas eleições de 2016, conforme a Lei Ficha Limpa.

O afastamento de Marquinho Mendes acontecerá assim que o acórdão da decisão do TSE for publicado. Depois disso, quem assumirá a cadeira do Executivo é o atual presidente da Câmara dos Vereadores, Aquiles Barreto (PRB), até a realização de uma nova eleição, o que está previsto para acontecer até agosto.

Após a decisão, Marquinho Mendes utilizou as redes sociais para afirmar que a cidade vive um momento melhor, após seu governo assumir e que seguirá em frente rumo a vitória.

“Seguimos em frente, pois temos muito a fazer por nossa cidade e porque quem está na companhia de Deus nada tem a temer. É através da política que são escolhidos os melhores projetos e realizações. Nossas realizações são muitas e nossos projetos estão reconstruindo a cidade. Cabo Frio era uma antes do nosso governo, já é outra agora e será ainda melhor com a continuidade destas ações. É hora de fazer a política que nós sabemos. A política do cidadão, que valoriza as pessoas e que fortalece a cidade. Obrigado a todos que estiveram conosco neste momento. Estamos juntos por Cabo Frio e vamos em frente rumo às vitórias que nossa cidade precisa” disse o Prefeito, que segundo informações de cabo-frienses continua acreditando que poderá concorrer novamente nas próximas eleições.

Os demais políticos da região também utilizaram as redes para comentar sobre a decisão. O Deputado Jânio Mendes afirmou que a noite do julgamento entra para a história de Cabo Frio.

“A noite de hoje entra para a história de Cabo Frio. Não apenas pela cassação definitiva de seu primeiro prefeito pela justiça eleitoral, mas fundamentalmente porque com esta decisão, temos a cassação de um modelo de gestão, que ao fim e a cabo, nos legou uma cidade sem política de educação e turismo, com a saúde precária e desemprego. Neste momento, não há o que se comemorar, mas muito que se refletir, pois pesa sob nossos ombros a responsabilidade de canalizar o sentimento coletivo, o desejo de mudança e oferecer um modelo de gestão diferente, capaz de gerar os empregos que a cidade precisa e transformar para melhor a vida do cabo-friense”, refletiu o Deputado.

Já Dr. Adriano, ex-vereador do município e 2º colocado nas últimas eleições já se prepara para uma nova batalha. “Minha amiga e meu amigo, este é um momento de muita reflexão e austeridade, a justiça foi feita. Sempre acreditei na justiça. Vencemos uma batalha, falta vencer a guerra. O inimigo é astuto e forte. As ameaças chegam de todas as formas. Até aqui caminhei com os mais de 23 mil votos confiados a mim. Que venham as eleições, que Deus nos abençoe”, postou Dr. Adriano.


 

Mais lidas do mês