Mídias Sociais

Cidades

Sistema do TSE tem seus primeiros candidatos cadastrados em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

A cidade de Macaé tem seus primeiros candidatos cadastrados no sistema do Tribunal Superior Eleitora (TSE). Ainda sem as chapas que concorrem à prefeitura, o sistema recebeu 26 pedidos de registro de candidatos a vereador no município.

A novidade é que a imensa coligação em torno da candidatura do vereador Chico Machado (PDT) à prefeitura, que reúne 12 partidos, será desmembrada para a disputa das vagas 17 da Câmara Municipal nas eleições municipais do dia 2 de outubro.

Para a corrida às cadeiras do Legislativo, a coligação batizada de “Macaé Quer Compromisso”, terá apenas PDT, PSC, SD, PSL e PP, que, atualmente, possuem 4 vereadores de mandato.

Tentando a reeleição, estão os vereadores Lúcio Mauro (PDT), Renata Paes (PSC) e Maxwell Vaz (SD), mas a coligação terá outros nomes bem conhecidos da população, como o do Tenente Coronel Ramiro (PSC), que, depois de deixar o comando da Polícia Militar na cidade, tentará uma vaga na plenária da Câmara.

No site do TSE, que pode ser acessado através do endereço eletrônico, http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/divulgacao-de-candidaturas-e-contas-eleitorais, constam ainda outras informações, como, por exemplo, os bens declarados pelos candidatos a vereador em Macaé, assim como em outras cidades do país.

Em Macaé, cada candidato a vereador terá o limite de R$ 253.322,86 para gastar em suas campanhas e na contratação de pessoal durante o período eleitoral, que começa na próxima terça-feira, dia 16 de agosto, um dia depois da data limite para o cadastramento dos pedidos de registro no TSE.

Ao centro, o Prefeito de Araruama, Miguel Jeovani (PMDB), recebe o apoio da esposa, a Deputada Estadual Márcia Jeovani (DEM) e o Presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), que está à direita do prefeito. (Foto: Marcelo Figueiredo)

Ao centro, o Prefeito de Araruama, Miguel Jeovani (PMDB), recebe o apoio da esposa, a Deputada Estadual Márcia Jeovani (DEM) e do Presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), que está à direita do prefeito. (Foto: Marcelo Figueiredo)

Araruama – Depois de ter sua candidatura confirmada na convenção que reuniu o PMDB e o DEM de Araruama, o Prefeito Miguel Jeovani (PMDB) teve seu pedido de registro cadastrado no sistema do TSE nesta quarta-feira, 10.

O prefeito, que tem mais de 13,5 milhões de reais em bens declarados entre participações em empresas, veículos e imóveis, terá como sua candidata à vice-prefeita a Missionária Nazaré Mendonça (DEM).

No sistema do TSE parecem também os candidatos Lívia de Chiquinho (PDT), Noberto (PV), e Andersom Moura (PP), que também teve seu cadastro confirmado nesta quarta-feira, declarando 689 mil reais em bens.

A candidata do PDT, esposa do ex-prefeito Chiquinho da Educação (PDT), terá como vice o Dr. Marcelo Amaral (PRB), enquanto os candidatos do PV e do PP, terão como vices nas suas chapas seus respectivos companheiro de partido, Alcione Lôbo e Washington Chagas.

Outra novidade no sistema do TSE que registra os pedidos de candidaturas para as eleições municipais em todo Brasil são para a corrida às vagas do Legislativo de Araruama, que já somam 163 candidatos.

Até a tarde desta quarta-feira, eram 11 candidatos do DEM, 22 do PDT, 4 do PEN, 10 do PHS, 4 do PMB, 19 do PMDB, 22 do PP, 20 do PPL, 9 do PRB, 6 do PROS, 3 do PRP, 3 do PTdoB, 20 do PTB, 1 do PTN e 9 do PV.

O limite de gastos que cada candidato pode investir nas campanhas para prefeito em Araruama, que é definido pelo TSE com base no número de eleitores, está fixado em R$ 939.719,02, enquanto que nas campanhas para vereador, o limite é de R$ 120.666,63.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana