Mídias Sociais

Política

Representante de Macaé participa de curso do RenovaBR visando eleições municipais de 2020

Avatar

Publicado

em

 

Voltado para a formação e a qualificação de novos políticos interessados em se candidatar nas eleições municipais de 2020, o curso do RenovaBR Cidades 2019, que contou com 19 participantes das cidades da região, formou mais uma turma no último sábado, 7, em evento em São Paulo.

Contando com nomes como os do empresário Eduardo Mufarrej, fundador do RenovaBR, do apresentador de TV, Luciano Huck, e do ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (MDB), o curso ganhou notoriedade no país nas últimas eleições gerais, em 2018, quando elegeu 9 deputados federais, 1 senador e 7 deputados estaduais, de diferentes partidos e de diversas localidades do país.

No Estado, por exemplo, foram eleitos os deputados federais Marcelo Calero (CIDADANIA-RJ), Luiz Lima (PSL-RJ) e Paulo Ganime (NOVO-RJ), além do deputado estadual Renan Ferreirinha (PSB), que ficou com uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) na atual legislatura.

Na turma de 2019 no RenovaBR, visando as eleições municipais do ano que vem, estava, entre outros, o advogado e subprocurador da Câmara Municipal de Macaé, Daniel Raony (REPUBLICANOS), que chegou a concorrer para vereador em 2016, mas acabou como suplente, e que confirmou sua pré-candidatura no pleito de 2020.

Além dele, participaram do curso a advogada Iza Vicente, e o coordenador do Laboratório de Inovação em Gestão Pública (Inova Macaé), ligado à secretaria adjunta de Planejamento, Jerônimo Lima, todos 2 de Macaé.

De Campos dos Goytacazes, participaram o assessor de gabinete da secretaria de Educação, Frederico Monteiro (CIDADANIA), o policial federal Roberto Uchôa, o professor Thiago Navarro (PSC), e de São João da Barra, Danilo Barreto. Também houve participante de Rio das Ostras, Araruama, Iguaba Grande, Arraial do Cabo e Cabo Frio.

Para Daniel Raony, a experiência ajudou na busca por uma melhor preparação e aprofundamento político para a disputa de um cargo eletivo nas eleições municipais do ano que vem, embora os temas abordados no curso sejam amplos, já que visam englobar necessidades comuns a todos os municípios brasileiros.

“Queria destacar duas coisas. Uma delas, é o ensinamento de que, para qualquer política pública, é necessário dar muita atenção aos apontamentos técnicos para analisar  os problemas sempre com base nos dados. E outra coisa é o caráter apartidário, sem direcionamento ideológico; tem gente de direita, de esquerda, de centro, de vários partidos, e isso é muito importante”, contou Daniel Raony.

Os selecionados para fazer o curso, que foi feito quase que inteiramente online, e com duração aproximada de 4 meses, passaram por uma triagem que exigiu vídeos, provas e questionários, e que contou com 31 mil inscritos. No final, um total de 1.400 selecionados participou do curso, representando 445 cidades de todas as regiões do país, e com 59% dos alunos filiados a 30 partidos e 41% sem filiação partidária.

Mais lidas da semana