Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Macaé sinaliza com possibilidade de iniciar etapa de vacinação dos profissionais de educação

Avatar

Publicado

em

 

Depois de muitas cobranças na Câmara Municipal, a Prefeitura de Macaé finalmente sinalizou a possibilidade de iniciar a vacinação contra o coronavírus nos profissionais de educação, tanto da rede pública quanto da rede privada do município.

Segundo a prefeitura, que vem seguindo os grupos prioritários definidos no Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, um novo calendário está sendo elaborado para ampliar as faixas etárias de imunização das pessoas com comorbidades e com deficiências, permitindo iniciar a vacinação dos profissionais de ensino.

A pauta foi debatida pelo governo na última quarta-feira, 26, em reunião do prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), com representantes da Secretaria de Saúde e da Procuradoria da Chefia de Gabinete.

De acordo com a prefeitura, o prefeito cobrou da equipe estratégias para assegurar a continuidade da vacinação dentro da etapa atual, além de prazos e datas para iniciar a imunização dos trabalhadores da rede de ensino.

“Já cumprimos a proposta de retorno gradativo das atividades nas escolas. Agora, precisamos avançar na vacinação contra a Covid-19 (sigla, em inglês, para Coronavirus Disease 2019) para os grupos prioritários e chegar à etapa dos profissionais da educação. Vamos acionar o Governo do Estado para que amplie o número de vacinas destinadas a Macaé, direcionando também doses para os trabalhadores do ensino público e privado”, afirmou Welberth Rezende.

A prefeitura revelou que, além dos grupos com comorbidades e deficiências, que estão sendo vacinados de acordo com a faixa etária, o município também já traçou o plano de imunização das pessoas em situação de rua, que também fazem parte da lista de prioridades determinadas pelo PNI.

Na reunião, estiveram presentes o procurador da Chefia de Gabinete, Rodrigo Cavour; a secretária de Saúde, Liciane Furtado; o secretário adjunto de Atenção Básica, Luiz Carlos Braga; a gerente em Vigilância e Saúde, Elenice Sales; a assessora técnica da Secretaria de Atenção Básica, Natália Antunes; e o líder do governo na Câmara, vereador Guto Garcia (PDT).

Ainda sobre o trabalho feito pela prefeitura no combate à pandemia do coronavírus, a prefeitura informou a chegada, na última quinta-feira, 27, de novos lotes de medicações utilizadas no tratamento a pacientes graves da doença.

De acordo com o município, os novos lotes dos chamados “kits intubação” foram entregues pelo governo estadual através de articulação do próprio prefeito junto ao governador do Rio, Cláudio Castro (PSC).

“Contamos com o auxílio do Estado para garantir essas medições. O setor de compras da secretaria mantém, de forma contínua, a busca do ‘kit intubação’ no mercado, para assegurar a assistência aos nossos pacientes graves da Covid-19”, afirmou Liciane Furtado, que acompanhou a chegada dos medicamentos ao Aeroporto de Macaé (na foto).

Ainda segundo a prefeitura, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde mantém a busca dos “kits intubação” no mercado, visando garantir a reposição do estoque e o atendimento da rede de Alta e Média Complexidade do município.

Mais lidas da semana