Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Cabo Frio assina convênio com a UERJ para desenvolvimento de 19 projetos nas comunidades

Publicado

em

 

A Prefeitura de Cabo Frio celebrou um novo convênio em conjunto com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) visando novos projetos que devem beneficiar mais de duas mil pessoas com atividades na cidade.

O acordo foi firmado em solenidade realizada na Praça Tiradentes, em frente à sede do governo municipal, com a presença do prefeito José Bonifácio (PDT), do reitor da UERJ, Ricardo Lodi Ribeiro, e do diretor financeiro da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) e ex-deputado estadual de Cabo Frio, Jânio Mendes (PDT).

Com a assinatura do convênio, a expectativa é de a UERJ atue em 19 projetos voltados para diversas comunidades do município, sendo 10 projetos esportivos, 7 projetos culturais e 2 projetos educacionais.

“Tenho repetido que precisamos unir esforços para ajudar nossa cidade a passar por todas as dificuldades. Ainda existem muitos problemas e não adianta ficar brigando, pois não conseguimos fazer tudo ao mesmo tempo. Precisamos de todos. Hoje, a UERJ, na pessoa do reitor Ricardo Lodi, vem trazer o polo de extensão que é muito importante para nossas comunidades. Vamos levar mais esporte, cultura e educação para a periferia, para quem mais precisa. Para mim, na hora de buscar ajuda para Cabo Frio, não existem lados opostos e sim um único objetivo, que é fazer nosso município progredir”, afirmou José Bonifácio.

Reitor da UERJ, Ricardo Lodi Ribeiro lembra que a aproximação da universidade com o município de Cabo Frio vem desde o ano passado, com a inauguração do Hospital Universitário Reitor Hesio Cordeiro, no Jardim Flamboyant.

“Me enche de orgulho ver uma parceria dessa sendo firmada. A UERJ é do Estado e, portanto, deve expandir o campo de atuação para os demais municípios, avançando por meio das parcerias. A 1ª foi a inauguração do Hospital Universitário Reitor Hesio Cordeiro. Agora com o polo de extensão, que vai levar projetos culturais, esportivos e educacionais para a população, sobretudo a mais jovem. Não para por aí, vamos abrir 3 cursos de graduação em Cabo Frio, que serão, Medicina, Geografia e Licenças Agrárias. Os imóveis onde funcionam o hospital e onde serão instalados os cursos estão sendo desapropriados. Ou seja, a UERJ veio para Cabo Frio para ficar”, contou Ricardo Lodi Ribeiro.

Sobre os projetos educacionais frutos do convênio, a prefeitura explicou que eles visam garantir que os alunos das comunidades tenham as mesmas oportunidades na alfabetização e reforço escolar, com o Pré-Vestibular Social e as aulas de alfabetização e reforço escolar, para jovens, adultos e idosos.

Na área do Esporte, o município revelou que os projetos preveem aulas de boxe, jiu-jitsu e defesa pessoal, judô, natação em águas abertas, ginásticas funcional, artística e acrobática, dança, vôlei, futevôlei, todos desenvolvidos nos bairros Manoel Corrêa, Jardim Esperança, Jacaré, Jardim Caiçara, Vila do Sol e em Tamoios.

Já na área cultural, a perspectiva é de realizar aulas de violão e violino, oficinas de grafite e desenho, tambores urbanos, artesanato e economia criativa, também voltada para as crianças e adolescentes da periferia da cidade.

Mais lidas da semana