Mídias Sociais

Política

Prefeito Rafael Diniz recebeu novos servidores da Saúde de Campos, aprovados em concurso de 2014

Avatar

Publicado

em

 

Em destaque ao centro da mesa, Rafael Diniz dá boas vindas aos novos servidores públicos municipais da Saúde em evento na sede da Prefeitura de Campos dos Goytacazes

O Prefeito de Campos dos Goytacazes, Rafael Diniz (PPS), recepcionou, na última terça-feira, 17, um grupo formado por 131 médicos aprovados em concurso público de 2014, que foram convocados no mês passado.

Segundo a prefeitura, os profissionais vão atuar nas Unidades Pré-Hospitalares (UPHs) e também em Unidades Básicas de Saúde (UBSs), recompondo o quadro da administração pública diante da aposentadoria de servidores nos últimos 4 anos.

A cerimônia aconteceu no auditório da sede administrativa do município e, ainda nesta terça, os novos servidores públicos tiveram a oportunidade de escolher os locais onde irão trabalhar por ordem de classificação.

“Tivemos que cumprir alguns requisitos antes de fazer essa convocação e conseguimos alcançar a meta com responsabilidade. Não conseguimos fazer essa convocação antes porque, quando assumimos, tivemos uma redução na receita em mais de 1 bilhão de reais e, com isso, ficamos impedidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)”, ponderou o prefeito.

Rafael Diniz afirmou ainda que a área da saúde continua sendo uma das prioridades do governo municipal, e elogiou os esforços da prefeitura, apesar de reconhecer que o município precisa promover melhorias na gestão do setor.

“A Saúde continua e sempre será prioridade no nosso governo. Infelizmente ainda não temos a saúde que gostaríamos, já que enfrentamos muitas dificuldades. Hoje não atendemos somente os 500 mil habitantes de Campos, mas também de todas as regiões. Além disso, houve o aumento na demanda do atendimento, já que a crise financeira que nos dificulta administrar, também afetou o trabalhador, fazendo-o perder o seu plano de saúde. Mas, como disse, a Saúde é prioridade e seguiremos lutando para oferecer a melhor possível para a população”, garantiu o prefeito.

O chefe do Executivo também ressaltou que o investimento na Atenção Básica é sinônimo de pensar no futuro da população, lembrando que as políticas de prevenção na Saúde podem ajudar a reduzir gastos com a superlotação de hospitais.

“Ações na Atenção Básica são de médio a longo prazo, mas se não investirmos na Atenção Básica, esse longo prazo se torna ainda maior. A urgência e emergência são importante sim, e estamos priorizando essa parte em alguns momentos, mas paralelamente estamos investindo na Atenção Básica porque de nada adianta hospitais superlotados e postos de saúde vazios”, acredita Rafael Diniz.

Representando a Secretária de Saúde, Fabiana Catalani, ausente do evento devido a uma reunião com no Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ), na capital fluminense, a Subsecretária de Atenção Básica, Cintia Ferrini, saudou os novos servidores, ressaltando as melhorias que eles devem trazer para o atendimento municipal.

“Esse momento da chegada de novos profissionais para reforçar o trabalho na Saúde é muito importante. Com os novos profissionais, poderemos melhorar ainda mais a assistência em saúde e a qualidade de vida das pessoas. Essa questão não é eleitoreira porque quem investe na Atenção Básica investe no futuro. Precisamos mudar algumas realidades no município, como a mortalidade infantil neonatal e a saúde mental, e os novos profissionais serão primordiais nesse trabalho”, disse Cintia Ferrini.

Para o vice-presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Dante Pinto Lucas, os novos médicos significam a concretização de um projeto voltado para a Saúde, já que, os novos concursados permitirão ao poder público desafogar o fluxo de atendimento, melhorando o serviço para a população.

“Concurso é feito por necessidade e desde que esse concurso foi feito que os profissionais são aguardados. Com os novos servidores atuando, poderemos melhorar todo o fluxo de atendimento desafogando a rede de urgência e emergência. O resultado vai ser lá na frente com a melhoria da Saúde para toda população”, avaliou o vice da FMS.

Mais lidas do mês