Mídias Sociais

Cidades

Prefeito de Macaé diz que não fechará igrejas e critica postura de políticos que usam a fé para conseguir votos

Avatar

Publicado

em

 

Nesta sexta-feira, 30, o Prefeito de Macaé, Dr. Aluízio (PMDB), deixou um pouco de lado sua campanha de reeleição ao publicar um vídeo nas redes sociais para esclarecer os boatos de que ele fecharia igrejas na cidade.

“Ontem aconteceu uma coisa comigo muito... Muito diferente. Eu fui até o (Parque) Aeroporto e encontrei uma menina chamada Rebeca, que a primeira coisa que fez quando me viu, foi perguntar, se eu fosse prefeito, se eu fecharia as igrejas. E aquilo me deixou muito chateado, muito triste, porque essa é uma história que vem sendo contada por pessoas que não têm a menor intenção de ajudar as pessoas. Uma história que vem sendo contada por pessoas que fazem da fé e da inocência uma ferramenta de disputa eleitoral. Então, Rebeca, por você e por todas as pessoas de Macaé, principalmente por todos os que têm fé, e principalmente por aqueles que andam usando da fé dos outros, eu vou dizer para você, para sempre, a gente jamais vai fechar igreja. Jamais. Jamais”, avisou o prefeito.

O vídeo, publicado em sua página do Facebook, vem acabar de vez com uma polêmica gerada a partir de acusações de vereadores da oposição de que um decreto publicado pelo prefeito em 2015 permitira à prefeitura fechar igrejas na cidade.

Na publicação, gravada dentro de uma capela, Dr. Aluízio diz ainda acreditar que ninguém, independente do cargo, tomaria a decisão de fechar igrejas, e diz que a sociedade precisa de mais fé e amor e menos ódio e mentiras.

“Acho que nenhuma pessoa de bem, independente do cargo que exerça, um dia virá a fechar qualquer tipo de igreja. A gente precisa de mais fé, de mais oração, e menos ódio, menos violência, menos hostilidade, e acima de tudo, menos mentira”, conclui ele.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana