Mídias Sociais

Destaque

Prefeito de Cabo Frio decreta situação de emergência na limpeza pública

Publicado

em

 

O Decreto tem validade de 15 dias e prevê a contratação de uma nova empresa. 

O Prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes, decretou situação de emergência na limpeza pública. O Decreto tem validade de 15 dias e prevê a contratação de uma nova empresa para a realização da coleta de lixo e varrição na cidade.

De acordo com nota oficial emitida pela Prefeitura, o Decreto 5749/2017 contém uma Requisição Administrativa de Equipamentos e Máquinas que estavam sendo utilizados na realização do serviço. Com a Requisição, a Prefeitura fica autorizada a utilizar os equipamentos e maquinários que vinham sendo usados pela empresa anteriormente contratada, podendo assim realizar, de forma direta e transitória, o serviço essencial de limpeza pública.

Vale lembrar que a empresa anteriormente contratada para coleta de lixo e varrição foi afastada das atividades por causa de investigações relacionadas ao contrato de serviço.

Prefeito iniciou intervenção na Comsercaf – Após a operação Basura, que prendeu o então presidente da Comsercaf, Claudio Moreira, e identificou diversas irregularidades ligadas a contratação do serviço de limpeza da cidade, o prefeito de Cabo Frio anunciou uma intervenção na autarquia.

O interventor nomeado pelo prefeito é o advogado Luis Cláudio Gama, presidente do Ibascaf (Instituto de Benefícios e Assistência aos Servidores), que vai acumular as duas funções sem remuneração extra. Além do interventor, o prefeito nomeou uma comissão interna composta por servidores da Prefeitura para investigar as denúncias feitas pelo Ministério Público e pela Polícia Federal.

Mais lidas da semana