Mídias Sociais

Política

Nova gestão da Saúde de Macaé reafirma intenção de comprar as vacinas contra o coronavírus com Instituto Butantan

Publicado

em

 

Em sua 1ª semana de trabalho, a nova gestão da Saúde de Macaé anunciou, no fim da tarde da última sexta-feira, 8, metas e prioridades para combater o avanço da pandemia do coronavírus na cidade que já ultrapassou a marca dos 13,2 mil casos confirmados e se aproxima de 250 casos fatais desde o início da pandemia, em março de 2020.

Entre as metas e prioridades anunciadas pela nova secretária de Saúde do município, Liciane Furtado, e pelo novo prefeito da cidade, Welberth Rezende (CIDADANIA), estão a vacinação da população, e o monitoramento, a prevenção, e a atenção à saúde básica, entre outros objetivos traçados pelo novo governo.
No encontro com o prefeito e sua equipe técnica, a nova gestora da Saúde municipal reafirmou o compromisso com o Instituto Butantan, de São Paulo, para a compra de vacinas contra o coronavírus pelo município.

Produzida em parceria entre o instituto paulista e a farmacêutica chinesa Sinovac Biontech, a vacina, batizada de Coronavac, ainda precisa de uma liberação de venda da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável pela regulação deste tipo de procedimento.

“Já estamos com o cronograma de atendimento e a logística pronta para iniciar a imunização”, contou Liciane Furtado.

Sobre a aquisição das 500 mil doses da vacina, conforme acordo firmado entre o município e o instituto paulista ainda no fim de 2020, a secretária garantiu que a prefeitura tem a intenção de imunizar toda a população, já que o Plano Nacional de Imunização (PNI) tem um calendário que não contempla todas as idades.

O novo prefeito Welberth Rezende também afirmou que a cidade está preparada para receber a vacinação, e reforçou que o município já possui um cronograma de atendimento e que está com a logística pronta para iniciar a imunização, tão logo a regulação sobre a compra da vacina seja liberada pela Anvisa.

Segundo a nova secretária de Saúde de Macaé, a cidade já iniciou as compras de seringas, mas enquanto a vacinação não começa, a gestora pede que a população mantenha os cuidados para a prevenção da doença, ressaltando que o trabalho de monitoramento de casos continua.

Além das preocupações com a pandemia, Liciane Furtado revelou também que a pasta planeja uma atenção maior à saúde básica, um dos pedidos feitos pelo novo prefeito da cidade, assim como melhorar o atendimento de saúde na região serrana do município.

“Estamos nos planejando. E se for necessário iremos abrir novas unidades, vamos ampliar. A nossa equipe faz um levantamento, estamos visitando todas as unidades, ouvindo o servidor, o paciente, para saber o que precisam. O nosso objetivo é melhorar”, contou a nova secretária de Saúde, que falou também sobre a preocupação com a serra, “a serra precisa dessa atenção; é longe, os moradores de lá não têm o mesmo acesso que os daqui (da região central), por isso estamos melhorando e intensificando o atendimento para aquela população”.

 

Mais lidas da semana