Mídias Sociais

Cidades

Mesmo sem o título de eleitor em mãos, eleitores ainda podem votar

Avatar

Publicado

em

 

Vence nesta quinta-feira, 22, o prazo para a solicitação da segunda via do título de eleitor nos cartórios eleitorais de todo o país. Mas os eleitores interessados em contribuir com o processo democrático, que não estiverem com o documento em mãos, não precisam se preocupar.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lembra que a apresentação do título não é mais obrigatória no momento de votar, e que o eleitor pode utilizar um documento de identidade oficial com foto no próximo dia 2 de outubro.

“Ocorre que o porte do documento agiliza a votação, além disso, o título contém informações que facilitam a vida do eleitor, como o número de sua seção eleitoral”, reforça o TSE.

O prazo para a solicitação da segunda via, que fica pronta na hora e sem custo, está no Artigo 52 do Código Eleitoral, que estabelece que, em caso de perda ou extravio do documento, a segunda via podia ser requerida pessoalmente pelo eleitor até dez dias antes da eleição.

Para requerer a segunda via nos cartórios eleitorais, é necessário que o eleitor esteja em seu próprio domicílio eleitoral e apresente algum documento oficial de identificação, como, por exemplo, a carteira de identidade, a de trabalho ou a de motorista.

Nesta quinta-feira também vence o prazo para o juiz eleitoral comunicar aos chefes das repartições públicas e aos proprietários, arrendatários ou administradores de propriedades particulares, que os respectivos locais (ou parte deles) poderão ser utilizados para o funcionamento de seções eleitorais no primeiro turno, já que nenhuma cidade da Região dos Lagos e do Norte Fluminense, possui segundo turno nestas eleições.

Mais lidas da semana