Mídias Sociais

Política

Macaé vai incluir crianças e adolescentes entre 12 e 17 anos no calendário de vacinação contra o coronavírus

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé anunciou, na manhã desta quarta-feira, 27, que a Secretaria de Saúde do município incluirá no seu calendário municipal de vacinação contra o coronavírus as crianças e adolescentes com idade entre 12 e 17 anos.

De acordo com o governo municipal, a inclusão das crianças e adolescentes segue uma nova orientação da Secretaria Estadual de Saúde, tomada em conjunto com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio (Cosems-RJ).

A prefeitura seguirá também as orientações de que a aplicação da 1ª dose para pessoas com idade entre 12 e 17 anos seja realizada após a conclusão da etapa de vacinação da população com idade acima de 18 anos.

Segundo a deliberação do Cosems-RJ, a vacinação do público de 12 a 17 anos terá como prioridade as pessoas desta faixa-etária com deficiência permanente e comorbidades descritas no Plano Nacional de Imunização (PNI), além das gestantes e puérperas, e jovens sob medidas socioeducativas.

“Para este público prioritário, a indicação do Cosems-RJ é a aplicação da vacina Pfizer, de acordo com orientação da Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa). Entre os critérios de imunização está a apresentação de laudos que comprovem a deficiência e comorbidades descritas no PNI”, explicou a prefeitura.

A deliberação determina ainda que os municípios deverão atingir um mínimo de 90% da população acima de 18 anos de idade com a 1ª dose das vacinas, além de se empenhar para realizar busca ativa das pessoas não vacinadas nos grupos que já deveriam estar imunizados antes de avançar na faixa etária de crianças e adolescentes.

Apesar de um estudo da Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde apontar que a maioria das internações por síndrome respiratório grave (SRAG) em crianças e adolescentes não são por coronavírus, entre os óbitos na faixa etária acima de 5 anos, a principal causa já é o coronavírus, conforme informações publicadas em reportagem no último dia 23 pela Agência Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), órgão oficial do governo federal.

Segundo esse estudo, apenas em 2021 já foram registradas 5 mortes por coronavírus em crianças de 5 a 9 anos, e 45 em adolescentes entre 10 e 19 anos, faixa etária que evoluiu para óbito com maior frequência, já que esse é o grupo mais apresenta comorbidades, sendo a obesidade e as doenças neurológicas as mais frequentes.

De acordo com a Prefeitura de Macaé, a continuidade do calendário municipal de vacinação contra o coronavírus depende do envio de novas remessas de vacinas da Pfizer, algo ainda previsão de acontecer.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Rua Tupinambás 122 Gloria – Macaé/RJ

comercial@diariocs.com
(22) 2765-7353
(22) 999253130

Mais lidas da semana