Mídias Sociais

Política

Macaé tem geração de mais de mil empregos em fevereiro e segue firme em retomada da economia

Publicado

em

 

A cidade de Macaé conseguiu criar mais de mil vagas de emprego formal no último mês de fevereiro, em uma retomada do desenvolvimento impulsionada pelos setores de Serviços e da Construção Civil, que juntos, geraram 974 empregos neste período.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do governo federal, e mostram que, no 2º mês desse ano, Macaé apresentou a geração de 1.027 vagas de trabalho, também impactada pelo reaquecimento das atividades do setor de óleo, gás e energia.

“Seguimos em franca expansão econômica, fruto de um trabalho institucional mantido pelo nosso governo junto aos principais setores empresariais do município. Cada emprego gerado representa segurança financeira e qualidade de vida para mais famílias macaenses, e isso é o nosso principal objetivo”, comemorou o prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA).

Reforçando o papel do governo municipal nesse trabalho de estimular o desenvolvimento econômico da cidade, a prefeitura resolveu os problemas de rede a retomou o funcionamento da Casa do Empreendedor e da Resolve RJ, importantes órgãos voltados aos Microempreendedores Individuais (MEIs).

“Macaé tem, atualmente, 17 mil MEIs registrados. A ideia é, principalmente, ter um canal de comunicação para pedidos de emissão de nota fiscal”, avaliou a atual gestão.

Entre os principais serviços oferecidos na Casa do Empreendedor estão, a emissão da guia do Documento de Arrecadação do Simples (DAS), a formalização, atualização de dados, baixa, declaração anual de faturamento, parcelamento, emissão de certidão e comprovante.

Para quem ainda não conhece os benefícios do MEI, a ferramenta regulariza as pessoas que trabalham por conta própria, legalizando a situação de empresários que têm negócios de pequeno porte, tendo faturamento máximo de até 81 mil reais por ano e sem participação em outra empresa como sócio ou titular.

Com a retomada do funcionamento, a Casa do Empreendedor e do Resolve RJ trabalha em parceria com as secretaria de Ambiente e Sustentabilidade, de Fazenda, e de Mobilidade Urbana, além da Secretaria Adjunta de Obras Públicas, da Coordenadoria de Vigilância Sanitária, da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (JUCERJA), do Corpo de Bombeiros, e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Mais lidas da semana