Mídias Sociais

Política

Macaé ganhará nova ETE, no Frade, graças à emenda de 1,2 milhão de reais de deputada federal de Campos dos Goytacazes

Avatar

Publicado

em

 

O prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA, à esquerda, na foto), recebeu, nesta quarta-feira, 5, a deputada federal Clarissa Garotinho (PROS-RJ), em seu gabinete, para conhecer os planos da parlamentar fluminense sobre sua emenda individual para a cidade.

A deputada federal apresentou emenda no valor de 1,2 milhão de reais, recursos que serão destinados à implantação, ampliação e melhorias no sistema de esgotamento sanitário da região serrana de Macaé.

Aprovada no orçamento federal para o exercício de 2021, a emenda vai resultar em uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) para o distrito do Frade, na região serrana do município, além de intervenções de apoio.

“Investir em saneamento é mais qualidade de vida, por isso, coloco o meu mandato à disposição do povo de Macaé, que poderá sempre contar com iniciativas para o desenvolvimento do município”, escreveu Clarissa Garotinho, em sua conta no Facebook na noite desta quarta-feira.

Para o prefeito Welberth Rezende, que agradeceu a parceria com a deputada federal do Rio, os investimentos serão bem vindos para melhorar o saneamento da região serrana, em especial do distrito do Frade, que vem recebendo, obras municipais para melhorar também a qualidade do abastecimento de água da região.

“Vamos destinar esses recursos para o sistema de esgotamento sanitário no distrito do Frade, agradecemos a parceria com a deputada, que é muito importante para avançarmos neste setor”, comentou o prefeito de Macaé.

Segundo a prefeitura, o projeto do sistema de esgotamento sanitário prevê 3.948 metros de rede coletora, 1.168 metros de linha de recalque, 6 estações elevatórias de esgoto bruto, 3 bacias, 356 ligações domiciliares iniciais e 572 ligações domiciliares finais.

Após a reunião com o prefeito macaense, a deputada federal de Campos dos Goytacazes, também ressaltou a importância da união com os municípios fluminenses, lembrando outro importante projeto da parlamentar na área da agricultura.

“O prefeito Welberth quer fazer essa parceria em um momento em que todos os municípios precisam de recursos. Sou uma deputada da região, nasci em Campos, mandei recursos também para o consórcio intermunicipal que atende Macaé principalmente na área de agricultura, então a emenda tem o valor significativo de 1,2 milhão de reais, e o que a gente quer é sinalizar parceria com a cidade”, pontuou Clarissa Garotinho, que é irmã do atual prefeito de Campos, Wladimir Garotinho (PSD).

Também presente à reunião, o secretário adjunto de Saneamento, Ricardo Moreira, acrescentou que, inicialmente, a população beneficiada pela implantação da ETE do Frade será de 1.424 pessoas, com a expectativa de, ao final das obras, mais 2,2 moradores do distrito possam ser beneficiados.

De acordo com a prefeitura, o tratamento da ETE do Frade será biológico do tipo UASB (Reator Anaeróbico de Fluxo Ascendente), BF (Biofiltro Aerado Submerso) e DS (Decantador Secundário), e a estação terá vazão inicial de tratamento de 2,77 litros por segundo, com previsão de vazão final em 3,96 litros por segundo, e uma capacidade de tratamento de 4 litros por segundo.

Além do secretário adjunto, que é irmão do presidente da Câmara de Macaé, o vereador Cesinha (PROS), marcado na publicação da deputada federal de seu partido, também participou do encontro o vereador Reginaldo do Hospital (PODE), representando a Câmara Municipal.

Mais lidas da semana