Mídias Sociais

Política

Macaé confirma volta às aulas nesta segunda-feira, 7, de forma 100% presencial na rede pública municipal

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé confirmou, nesta sexta-feira, 4, que a volta às aulas da rede pública municipal de ensino, acontecerá a partir desta segunda-feira, 7, de forma 100% presencial, em todas as 107 escolas da rede.

O município afirmou que todas as suas unidades educacionais estão preparadas para o retorno seguro, seguindo os protocolos sanitários de enfrentamento à pandemia do coronavírus, definidos em reuniões com o Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ), e com as secretarias municipais.

“Estamos retornando de um momento atípico e, mesmo com nossas inseguranças, permanecemos com expectativas positivas, nos fortalecemos enquanto equipe diante das dificuldades. Aprendemos juntos a vencer obstáculos, criar estratégias e ações importantes para dar continuidade à Educação que acreditamos”, afirmou a secretária de Educação, Eliane Araújo.
Segundo calendário para o ano letivo de 2022, as crianças de 4 e 5 anos, respectivamente, do Pré-I e do Pré II, voltam às aulas nesta segunda, mas as crianças de 2 e 3 anos, do Maternal I  e II, só retornam uma semana depois, no dia 14 de fevereiro.

Enquanto as aulas não começam, a prefeitura segue realizando ações para promover adequações e melhorias em algumas escolas da rede (na foto), trabalho que deve seguir até esta sábado, 5, com o objetivo de contribuir para que os espaços escolares possam melhor atender estudantes e profissionais na volta às aulas.

De acordo com o município, a ação é realizada por uma força-tarefa, atendendo as demandas apresentadas por cada escola junto à Secretaria de Infraestrutura, e à equipe de Manutenção, da Secretaria de Educação.

“O mutirão segue cronogramas específicos, conforme agenda das escolas. As equipes executam serviços como capina, reparos elétricos e hidráulicos, instalação de ventilador, substituição de forro, adequação de ambientes, revisão de telhado, pintura e limpeza de fossa”, contou a prefeitura.

Desde que os serviços começaram, diversas escolas já foram beneficiadas pelos trabalhos das secretarias, tanto na região central quanto na região serrana da cidade, providenciando melhorias para o retorno presencial das aulas na rede.

“A manutenção nas unidades escolares é essencial. Mas queremos também levar à comunidade escolar a conscientização quanto à conservação do patrimônio escolar, identificando situações de desrespeito e violência do ambiente escolar, danos causados e o investimento para recuperação”, acrescentou a secretária Eliane Araújo.

Ainda segundo a secretária adjunta da Educação Básica, Leandra Lopes, a manutenção das unidades é uma das prioridades da pasta para esse ano letivo, visando também ampliar a parceria entre o serviço público e a comunidade.

“O ano letivo de 2022 será marcado pelo acolhimento e parceria, sempre na garantia do direito a uma educação de qualidade para todos”, afirmou Leandra Lopes.

Mais lidas da semana