Mídias Sociais

Política

Macaé chega a 70% da população geral com a 1ª dose das vacinas contra o coronavírus

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé divulgou, na manhã desta terça-feira, 5, os dados da vacinação contra o coronavírus no município, com a expressiva marca de 70% da população geral já tendo recebido a 1ª dose das vacinas na cidade.

A marca de mais de 183,5 mil pessoas vacinadas com a 1ª dose foi atingida no último sábado, 2, com a vacinação dos adolescentes a partir de 12 anos de idade, que foram atendidos nos polos fixos da região central e nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), na região serrana.

De acordo com os dados divulgados nesta terça, o município registra também 40,3% da população geral vacinada com a 2ª dose das vacinas, lembrando que das 4 vacinas utilizadas no Brasil, apenas uma, da Janssen, completa a imunização com apenas uma dose, necessitando as outras 3 fabricantes, CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer, precisando das duas doses para completar a imunização.

“Macaé já cumpriu todas as etapas previstas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) para a vacinação do público geral acima de 18 anos, além dos adolescentes de 17 a 12 anos”, ressaltou a prefeitura.

O município anunciou ainda que, nesta quarta-feira (6), começará a aplicação da 3ª dose, ou dose de reforço, para as pessoas que receberam a 2ª dose das vacinas contra o coronavírus até o último dia 28 de fevereiro.

A aplicação da 3ª dose nesta semana vai até esta sexta-feira, 8, e acontece das 8h30 às 12h, nos polos fixos da região central e nas unidades ESF da região serrana. Para receber a dose de reforço é preciso apresentar comprovante de vacinação da 2ª dose, documento de identificação com foto, CPF ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), além do Código QR impresso que é gerado no pré-cadastro no site da prefeitura.

A Secretaria de Saúde lembra que também continua trabalhando para atualizar os dados da vacinação no município junto ao Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), que alimenta os dados lançados no sistema Conecte-SUS, aplicativo do SUS que pode ser baixado de forma gratuita para Android e iOS.

“A comprovação da eficácia da campanha municipal de vacinação contra a Covid-19 (sigla para Coronavirus Disease 2019) é registrada também pela redução dos índices da pandemia. Desde julho, o município segue em situação de risco baixo (bandeira verde), com redução da taxa de ocupação dos leitos de CTI (Centro de Tratamento Intensivo) e diminuição da circulação e incidência do vírus. De acordo com os novos dados do estudo ‘Covidímetros com Estimativa’, realizado pelo Grupo de Trabalho Multidisciplinar da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Macaé mantém o menor índice de risco da pandemia (Baixo: 0,82), em comparação a média estadual (Alto: 1,25) e as demais cidades também avaliadas pela equipe, Rio de Janeiro (Alto: 1,46), Niterói (Moderado: 1,15), Duque de Caxias (Alto: 1,24) e Nova Iguaçu (Alto: 1,21)”, completou a prefeitura.

Mais lidas da semana