Mídias Sociais

Política

Macaé atinge 52% de pessoas imunizadas contra o coronavírus, e segue com 2ª dose da Pfizer nesta semana

Publicado

em

 

O município de Macaé fechou a última semana com a marca de 135,2 mil pessoas que já receberam a 2ª dose ou a dose única das vacinas contra o coronavírus, chegando a 52% da população da cidade que completaram o processo de imunização.

De acordo com a prefeitura, ao todo, a Secretaria de Saúde de Macaé já vacinou 183,5 mil pessoas com, pelo menos, a 1ª dose, o que corresponde a 70% da população com idade a partir dos 12 anos de idade.

Sobre a 3ª dose, ou dose de reforço, como vem sendo chamada a dose destinada a idosos, profissionais de Saúde e pacientes imunossuprimidos, o município registrou, até o fim da última semana, 11,8 mil pessoas vacinadas.

Nesta semana, a aplicação das vacinas continua na cidade, com destaque para a aplicação da 2ª dose das vacinas da Pfizer para quem tomou a 1ª dose com retorno agendado para estas terça, quarta, e sexta-feira, dias 9, 10 e 12 de novembro.

O atendimento a esse público começou a ser realizado nesta segunda-feira, 8, nos polos de atendimento, tanto na região central do município quanto na região serrana, em qualquer dia da semana, das 8h30 às 12h, até esta sexta-feira.

“A aplicação da 2ª dose de [vacinas da] Pfizer segue nos 32 polos definidos pela Secretaria de Saúde, que incluem unidades da Estratégia de Saúde da Família (ESF) em bairros e distritos da região serrana, além do Pronto Socorro do Parque Aeroporto e da Unidade Básica de Saúde (UBS) Barramares. Para receber a 2ª dose da Pfizer, as pessoas com retorno agendado para os dias 9, 10 e 12 de novembro devem apresentar documento de identificação com foto e o comprovante de vacinação da 1ª dose”, detalhou a prefeitura.

Sobre a falta de vacinas, entregues pelo Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, e distribuídas pelo governo estadual para todos os municípios fluminenses, a prefeitura explica que o calendário de vacinação ficará suspenso em Macaé até a entrega de mais vacinas.

“Em virtude da falta de vacinas, o calendário municipal de vacinação da 1ª dose para o público geral acima de 18 anos e adolescentes de 17 a 12 anos, além da dose de reforço para idosos, profissionais de saúde e imunossuprimidos, está suspenso nesta semana”, reforçou o município.

De acordo com a prefeitura, a vacinação para estes públicos será retomada apenas após a entrega de mais doses de vacinas destinadas para 1ª dose e para a 3ª dose, ou dose de reforço, pelo PNI através do governo estadual do Rio.

Mais lidas da semana