Mídias Sociais

Destaque

Lutador de MMA, filho do deputado Paulo Melo, deixa UTI e tem estado de saúde estável

Publicado

em

 

A Secretaria de Estado de Saúde confirmou a evolução clínica de 'Pituco'. Segundo o pai, ele será submetido à cirurgia na coluna cervical.

 

 

O filho do deputado estadual Paulo Melo, o lutador de MMA, conhecido como Pituco, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e tem o estado de saúde considerado estável, segundo informação confirmada pelo Estado. O deputado Paulo Melo havia informado na última quarta-feira, em uma rede social, que o filho deixou a UTI, mas passará por uma cirurgia na coluna cervical. O procedimento médico ainda não foi confirmado pelo Estado.

Pituco foi internado no Hospital Estadual Roberto Chabo após o carro dele bater contra um caminhão no dia 9 de abril, em Araruama, na Região dos Lagos do Rio, e ter o braço esquerdo dilacerado.

"Hoje sou portador de mais uma espetacular mensagem: Pituco deu outro passo na sua recuperação. Saiu da UTI e foi levado para o quarto. O estado clínico dele é muito bom, a sua recuperação é fantástica", disse o deputado em nota

O deputado Paulo Melo informou ainda que a cirurgia na coluna servical do filho será realizada na próxima semana. Segundo ele, Pituco tem um edema medular. Em notas divulgadas anteriormente, Paulo Melo já havia demonstrado preocupação com possíveis lesões nas vértebras da coluna.

"Teremos mais um desafio pela frente. Na próxima semana, (Pituco) será submetido a mais uma cirurgia, desta vez na coluna cervical. Os exames médicos complementares mostraram a necessidade de uma intervenção na quinta vértebra, onde existe um edema medular. Mas a minha fé na ajuda divina cresce a cada dia", disse.

O acidente

Segundo o tenente-coronel do 27° Batalhão do Corpo de Bombeiros, Leonardo Couri, Paulo César de Melo Sá Júnior estava em um carro que colidiu contra um caminhão na altura do bairro Havaí por volta das 6h do dia 09 de abril.

Além de Paulo César, de 39 anos, outras três pessoas ficaram feridas e foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Duas estavam no caminhão e uma outra no carro. De acordo com Leonardo Couri, todas as outras vítimas tiveram ferimentos leves.

Com informações do G1

Mais lidas da semana