Mídias Sociais

Política

Inscrições para cursos profissionalizantes oferecidos pela Firjan em Campos e Macaé terminam nesta segunda, 2 de agosto

Publicado

em

 

Termina nesta segunda-feira, 2 de agosto, o prazo para as inscrições nos cursos profissionalizantes oferecidos pelas unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) da Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan) nas cidades de Macaé, Campos dos Goytacazes e Itaperuna.

Os cursos das unidades Firjan SENAI na região são nas áreas de automação industrial, eletrotécnica, eletromecânica, desenvolvimento de sistemas, técnico em mecânica, e logística. Ao todo, são 2.413 vagas disponíveis para 61 turmas, em 20 unidades de todo o Estado do Rio.

Os cursos atendem a uma necessidade do mercado da região, de acordo com um levantamento feito pela Firjan que apontou crescimento de 100% de expectativa de aumento dos royalties e de investimentos na Bacia de Campos, com a abertura de vagas de trabalho no mercado de petróleo e gás natural no Estado do Rio.

Os dados do levantamento da Firjan sobre o momento do setor de óleo e gás no entorno da Bacia de Campos comparam os resultados do 1º trimestre deste ano quando comparado ao último trimestre de 2020.

De acordo com os dados, entre os profissionais requisitados estão aqueles de áreas como mecânica, automação industrial e eletrotécnica, que têm cursos profissionalizantes das unidades Firjan SENAI de Campos e Macaé, duas das principais cidades do entorno da Bacia de Campos.

Batizado de “Oportunidades no mercado de petróleo, gás e naval no estado do Rio de Janeiro”, o levantamento analisou as vagas abertas nos sites das empresas do mercado situadas no Estado do Rio, além de sites de busca de oportunidades, como por exemplo, o LinkedIn.

“A recuperação a partir do 2º semestre de 2020, mesmo que parcial, está atrelada principalmente à conjuntura internacional do aumento do preço do barril de petróleo e à expectativa de retomada econômica mundial, com o avanço das campanhas de vacinação no combate à pandemia da Covid-19 (sigla, em inglês, para Coronavirus Disease 2019)”, avaliou Fernando Ruschel Montera, coordenador de relacionamento de Petróleo, Gás e Naval da Firjan.

O levantamento da Federação reforça ainda a necessidade de formação e especialização, como é o caso de alguns dos cursos com vagas abertas nas unidades Firjan SENAI em Macaé e Campos, como automação industrial, técnico em mecânica e eletromecânica, que terão aulas virtuais e presenciais, dependendo da situação da pandemia em cada cidade.

“Do total de vagas no primeiro trimestre de 2021, 56% foram destinadas ao nível superior completo; 15% para trabalhadores com curso superior em andamento; e 14% com exigência de nível técnico. Entre as ocupações de nível superior destacam-se analistas, engenheiros e estagiários universitários – sendo a preferência pela formação completa, nível superior e técnico”, detalha a Firjan, que revela que também há oportunidades em outras áreas em alta na região, como a construção civil, logística e novas tecnologias.

Mais lidas da semana