Mídias Sociais

Política

Início da Rodada de Negócios marca o segundo dia da feira Brasil Offshore em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Esperada pelas empresas do mercado de óleo e gás que participam da Brasil Offshore 2019, em Macaé, a Rodada de Negócios começou nesta quarta-feira, 26, segundo dia de realização do evento que termina nesta sexta-feira, 28.

Promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado e sob a curadoria da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), a rodada foi comemorada pelo diretor de negócios, Paulo Machado.

“Com a retração da economia, essa é uma ótima oportunidade para divulgarmos nossos produtos e, possivelmente, fecharmos algum negócio”, falou o diretor ao site da Prefeitura de Macaé.

Com a expectativa de receber 50 mil visitantes durante os 4 dias, a feira, que começou nesta terça-feira, 25, reúne produtos e serviços de 600 marcas em exposição e conta com 190 horas de conteúdo técnico gratuito.

Segundo a prefeitura, o evento está no topo mundial do segmento e conseguiu atrair para o município, responsável por 47% da produção nacional de petróleo, mais de 2.500 empresas, apresentando um crescimento de 10% em comparação a edição de 2017, sendo o 3º maior evento offshore do mundo, atrás de Houston, nos Estados Unidos (EUA), e de Aberdeen, na Escócia.

Além da Reed Exhibitions Alcantara Machado, Brasil Offshore é organizada em conjunto com o Society of Petroleum Engineers (SPE) e o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e faz parte do portfólio global de eventos de energia, junto à SPE- Offshore Europe e ENGenious.

Eles lembraram que, em 20 anos de realização, a feira gerou 1,5 bilhão de reais em negócios, além de contar com a presença de mais de 2.500 marcas e 200 mil profissionais com grande poder de decisão e efetiva capacidade para concretizar negócios.

“O principal objetivo desta edição é fortalecer a rede de fornecedores e prepará-la para atender as demandas e projetos das operadoras vencedoras dos leilões, oferecendo um ambiente altamente técnico com oportunidades únicas de aperfeiçoamento profissional”, completou a organização.

Mais lidas da semana