Mídias Sociais

Política

Guto Garcia retira candidatura e MDB de Macaé deve ter apenas Julinho do Aeroporto na disputa pela Alerj

Avatar

Publicado

em

 

Em postagem do Facebook, vereador e secretário de Educação, Guto Garcia (MDB), abriu mão da disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj)

Em publicação em sua página no Facebook, o vereador e ex-secretário de Educação de Macaé, Guto Garcia (MDB), confirmou que está fora da disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj).

Segundo o vereador, que se desincompatibilizou do cargo na Secretaria de Educação em abril deste ano, visando a disputa para deputado estadual, o motivo pela desistência da candidatura foi a decisão do partido de lançar 2 candidatos numa cidade com menos de 170 mil eleitores.

A segunda candidatura citada por ele é a do também vereador Julinho do Aeroporto (MDB), que poderia dividir os votos do partido, que, de acordo com pessoas próximas ao ex-secretário de Educação, ainda seria mal visto, dificultando a obtenção de votos fora da cidade que é seu reduto eleitoral.

Além disso, Guto explicou em sua publicação que não concordava em apoiar candidaturas do MDB a deputado federal, que de acordo com ele, não ajudariam a fortalecer Macaé no cenário político do Estado do Rio e do país.

“Momentos de conscientização da realidade e tomada de decisão são difíceis, mas nos fortalecem como seres humanos e profissionais. Há 2 anos ingressei no MDB, ao lado do Prefeito Aluízio e outros vereadores. Acreditei que unidos, fortaleceríamos projetos e políticas públicas junto ao governo do estado. Macaé sairia fortalecida e reconhecida, como o município mais sacrificado no ciclo petrolífero e portanto, merecedor de atenção e respeito. A realidade nos mostrou um cenário diferente, provocando a saída do Prefeito Aluízio do partido (MDB). Paralelamente, iniciei uma pré-candidatura, apresentando o meu histórico profissional  e político. A adesão foi muito significativa. Investi na crença de que teríamos chances de fortalecer mais e mais a Educação: princípio, meio e fim na construção cidadã da democracia. Mas, em contradição aos planejamentos elaborados, decisões internas do partido, me fizeram reavaliar a nossa pré-candidatura”, escreveu Guto.

Agradecendo o apoio recebido em sua pré-candidatura, o ex-secretário de Educação justificou sua decisão ainda dizendo que o partido não liberaria verbas do Fundo Partidário para a campanha a deputado estadual.

“Sou professor, a minha maior satisfação em sala de aula é provocar situações de reflexão e pensamento, promovendo o debate. Quero continuar lutando por Macaé, pelos caminhos que conheço: o diálogo e o trabalho. Assim sendo, retiro a pré-candidatura, na certeza de que outros caminhos são mais necessários para o nosso município e a educação. Obrigado a todos pelo carinho, dedicação, reconhecimento e apoio”, concluiu o vereador.


 

Mais lidas do mês