Mídias Sociais

Política

Futuro governador anuncia que se mantém neutro sobre apoio à candidatos na eleição da Alerj

Publicado

em

 

Em visita à Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) nesta semana, futuro governador Wilson Witzel (PSC) elogiou condução do presidente da Casa, André Ceciliano (PT) e refirmou que se mantém neutro na disputa da sucessão presidencial do Legislativo

O envolvimento do deputado estadual André Corrêa (DEM) em um esquema de corrupção, lavagem de dinheiro e loteamento de cargos dentro da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RJ) afetou o discurso de forças políticas do futuro governo do Rio.

Antes alinhados na ideia de impedir a eleição do presidente interino da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), o futuro senador da república, Flávio Bolsonaro (PSL) e o futuro governador do estado, Wilson Witzel (PSC), aliados durante a campanha, demonstraram a primeira divergência sobre o assunto eleição no Legislativo estadual.

Enquanto o atual deputado estadual e filho do presidente eleito emitiu uma nota dizendo que a numerosa bancada de 13 deputados do PSL vai buscar “alternativa para a presidência da Alerj e não está descartada a possibilidade de candidatura própria”, alterando a tendência de apoiar Corrêa, Witzel acabou deixando escapar elogios ao petista, que o PSL dos Bolsonaro não queria ver eleito de jeito nenhum.

De acordo com a colunista do jornal Extra, Berenice Seara, durante visita que fez na a Ceciliano, que preside a Alerj desde a prisão do ex-presidente, Jorge Picciani (MDB), em 2017, Witzel fez questão de afirmar que não vai se meter, “de jeito nenhum”, na eleição para a presidência da Casa.

Para a jornalista, Witzel não quer correr o risco de apoiar o grupo perdedor ou criar arestas que só acirrem a oposição ao seu futuro governo, mas elogiou o trabalho feito pelo presidente em exercício da Alerjr, ressaltando que o petista garantiu a governabilidade da gestão de Pezão durante os piores momentos.

Pelas redes sociais, a equipe de André Corrêa, que segue como candidato à presidência do Legislativo estadual, publicou uma mensagem afirmando que ele continua “de cabeça erguida”, e que confia em Deus e na justiça do Estado e do país.

“Deus no controle sempre. Nunca envergonhei vocês. Confio na justiça do meu Estado e do meu País. Quem não deve não teme. Lamento que no momento que 44 deputados assinam um compromisso com minha candidatura à Alerj isto aconteça. Repito que estou tranquilo. Quem me conhece sabe meu modo de agir. Continuarei de cabeça erguida. Não tenho sequer advogado. Confio em Deus”, publicou em sua página no Facebook.


 

Mais lidas do mês