Mídias Sociais

Política

Fórum Estadual de Secretarias de Turismo do Rio elege Macaé para presidência até 2020

Avatar

Publicado

em

 

Secretários de Turismo dos municípios eleitos e empossados para cargos diretivos posam após eleição do Fórum Estadual de Secretarias de Turismo do Rio (Fest-RJ)

Criado para reunir os 92 municípios fluminenses em favor de investimentos, políticas públicas e fomento ao setor do turismo no Estado do Rio, o Fórum Estadual de Secretarias de Turismo do Rio (Fest-RJ) ganhou nova presidência nesta semana, com destaque para a Região Norte Fluminense.

Realizada no auditório do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado (Detro-RJ), a eleição do Fórum para o biênio 2019-2020 escolheu Macaé para a presidência e Quissamã eleita para titular da região Costa do Sol, uma das 12 regiões turísticas em que o Estado foi dividido, tendo Rio das Ostras como suplente.

De acordo com o Secretário Adjunto de Turismo de Macaé, Leo Anderson, nos últimos 5 anos, o município tem se destacado como importante destino de turismo, além de ser reconhecido por levantar a bandeira em relação ao turismo no interior do Estado.

“O Fórum tem como principal objetivo atualizar o Mapa do Turismo Nacional, por meio do Programa de Regionalização do Turismo (PRT). Macaé é uma das únicas cidades que cumpre as exigências do Ministério do Turismo para permanecer no mapa. Além de ganhar visibilidade, o mapa habilita o município a participar dos programas do Ministério para investimento e promoção”, contou Leo.

A Prefeitura de Macaé ressalta que, até pouco tempo atrás, a cidade figurava entre os principais destinos de negócios, devido à sua posição estratégica para o desenvolvimento das atividades da indústria do petróleo no Estado.

Conhecida como Capital Nacional do Petróleo, a cidade recebe empresários e trabalhadores da indústria offshore todos os dias, se estruturando cada vez mais para receber esse público, possuindo atualmente um dos maiores parques hoteleiros do Estado, com cerca de 10 mil leitos.

“Como resultado deste investimento, o turismo de negócios já responde por 10% do PIB (Produto Interno Bruto) do município”, ressaltou o governo municipal.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Arnaldo Mattoso, é importante estar à frente deste movimento que envolve 13 municípios, de Saquarema a Quissamã, como forma de elevar a participação no processo e fortalecer o território para inclusão no movimento turístico que já se faz.

“Nesta região ficam 3 municípios, que são Búzios, Cabo Frio e Macaé, já classificados como municípios A no Cadastur, que são os com maior nível e estrutura e que podem nos beneficiar na atração de turistas. É Quissamã efetivamente marcando presença no cenário institucional do turismo no Estado do Rio de Janeiro”, afirmou Arnaldo Mattoso.

O Cadastur é o Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo. Executado pelo Ministério do Turismo, em parceria com os Órgãos Oficiais de Turismo nos 26 Estados do Brasil e no Distrito Federal, que permite o acesso a diferentes dados sobre os prestadores de serviços turísticos cadastrados, e visa promover o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil, por meio do cadastro de empresas e profissionais do setor.

O Fest-RJ atua em 12 regiões turísticas, Águas do Noroeste, Agulhas Negras, Baixada Fluminense, Caminhos Coloniais, Caminhos da Mata, Costa do Sol, Costa Doce, Costa Verde, Metropolitana, Serra Verde Imperial, Vale do Café e Caminhos da Serra.


 

Mais lidas do mês