Mídias Sociais

Política

Firjan Norte Fluminense realiza debate online e gratuito sobre cenário de transição energética da região

Publicado

em

 

Terminam nesta terça-feira, 26, as inscrições para o evento “Radar Energia NF: o Norte Fluminense como polo gerador de energia no estado do Rio”, da Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan), que visa trazer um panorama dos investimentos em energia previstos para a região.

De acordo com a Firjan, o debate, que acontecerá nesta quinta-feira, 28, das 10h às 12h, em formato virtual, será gratuito e é uma realização da Firjan Norte Fluminense (Firjan NF), reunindo um grupo de especialistas para debater o tema.12h.

Para fazer as inscrições, basta acessar o endereço eletrônico, bit.ly/radar-energia-norte-fluminense, e preencher o formulário, com informações como nome completo, empresa, número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), cargo do participante, telefone para contato, e e-mail.

O evento contará com a participação da gerente de petróleo, gás e naval da Firjan, Karine Fragoso, que também é diretora-geral da Organização Nacional da Indústrias do Petróleo (ONIP); com o coordenador de relacionamento estratégia, petróleo, gás a naval da Firjan, Fernando Montera; com a especialista em estudos econômicos da gerência de infraestrutura da Firjan, Tatiana Lauria.

Segundo a Firjan, o evento deve contar ainda com representantes das prefeituras da Região Norte Fluminense e com representantes de empresas de diversos segmentos, que também foram convidadas para o evento.

“Com este encontro, queremos despertar nos entes públicos, no setor produtivo, e em toda a sociedade, as tendências de mercado nessa área tão fundamental para a nossa economia. Poucas regiões no mundo reúnem, num só lugar, tantas e variadas empresas voltadas para o mercado de petróleo e gás, que é e continuará sendo importante. Vivemos um momento crucial de transformação e de diversificação da geração de energia, e o Norte Fluminense tem tudo para se destacar nesse cenário, graças às condições climáticas propícias e à capacidade industrial de Petróleo e Gás já instalada na região”, destacou o presidente da Firjan NF, Francisco Roberto de Siqueira.

Recentemente, a Firjan divulgou um levantamento que apontava 22 projetos de energia que, na avaliação da entidade, contribuirão para o cenário de transição energética, incluindo fazendas eólicas offshore, plantas de hidrogênio, terminais de gás natural e usinas termelétricas (UTEs).

Entre os projetos listados estão 1 terminal de gás natural, uma usina de energia solar, uma usina eólica, 3 fazendas eólicas offshore e uma planta de hidrogênio e duas UTEs no Porto do Açu, em São João da Barra, e 13 UTEs no Complexo Logístico e Industrial de Macaé (CLIMA), sendo que duas delas já estão em operação, uma já está em construção e as demais já estão licenciadas.

A Firjan lembra que a região também já vem se destacando na energia solar, com Campos dos Goytacazes ocupando a 2ª posição entre as 92 cidades do Estado do Rio com maior número de geração distribuída por essa fonte de energia.

“Além disso, na localidade de Caetá, em São João da Barra, fica a 1ª cooperativa [de energia solar] do Estado do Rio, a Cosolar (Cooperativa de Geração Distribuída Solar Fotovoltaica). Fundada formalmente neste ano, a usina com 150 placas instaladas serve a cooperados não só de São João da Barra, como de Campos e até de Macaé”, acrescenta a Firjan.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Rua Tupinambás 122 Gloria – Macaé/RJ

comercial@diariocs.com
(22) 2765-7353
(22) 999253130

Mais lidas da semana