Mídias Sociais

Política

Ex-Prefeita de Iguaba Grande tem recurso negado pelo STF

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter a decisão, declarada no dia 20 de março deste ano, de cassação da chapa da ex-prefeita de Iguaba Grande. Grasiella Magalhães (PP) havia entrado com um recuso tentando retornar a Cadeira do Executivo, porém, a resposta negativa chegou nesta sexta-feira, 24.

Com a decisão, fica determinado de forma definitiva, que Grasiella não poderá voltar a Prefeitura. Sendo assim, fica mantida a eleição suplementar, marcada para acontecer no dia 02 de junho.

 

Sobre o caso - Nora do ex-prefeito Oscar Magalhães, que renunciou ao cargo em 2012, Ana Grasiella teve a candidatura indeferida, pois o TRE-RJ entendeu que a eleição dela configurava o exercício de 3º mandato consecutivo no Executivo municipal pelo mesmo grupo familiar, o que é vedado pela legislação eleitoral.

Como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a decisão, as eleições suplementares chegaram a ser marcadas para outubro de 2018, mas uma liminar concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (TSE), suspendeu o pleito.

Apenas em março deste ano, a 2ª Turma do STF confirmou o indeferimento do registro da chapa vencedora para os cargos de prefeito e vice em 2016, autorizando a realização das novas eleições.

 

Mais lidas do mês