Mídias Sociais

Política

Eleição suplementar de Iguaba Grande conta com quatro candidatos ao cargo de Prefeito

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Quatro chapas tiveram sua candidatura deferida para concorrer as eleições suplementares, que acontecem no próximo dia 02 de junho, em Iguaba Grande. Os nomes foram definidos em convenções realizadas no último fim de semana.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) as coligações concorrentes são: PTC, que tem como candidato a prefeito o vereador Jeffinho do Gás (PTC) e como vice Tatiana Da Farmácia; A "força que vem do povo", que tem como candidato o biólogo Leandro Coutinho (MDB) e como vice Adriano Mairink; "O Melhor Caminho Para Iguaba", tendo o engenheiro Rodolfinho Pedrosa (PR) e Marcelo Do Regional concorrendo a prefeito e vice, respectivamente e "Avança Iguaba Grande", que é formada pelo vereador Vantoil (PSB) e Alexandre Da Farmácia.

De acordo com o TRE, só estão aptos a votar os eleitores que possuíam domicílio eleitoral no município antes do dia 2 de janeiro de 2019 e que estejam em situação regular. Ainda de acordo com o órgão, a posse dos candidatos eleitos está prevista para acontecer no dia 24 de junho e os candidatos eleitos exercerão mandato até 31 de dezembro de 2020.

 

Sobre a eleição suplementar - A eleição fora do calendário regular eleitoral visa eleger um novo prefeito para a cidade de Iguaba Grande, após a então prefeita Ana Grasiella Magalhães (PP) e o vice Leandro Coutinho (MDB) serem afastados do cargo.

Grasiella é nora do ex-prefeito Oscar Magalhães e por isso, sua candidatura foi considerada indeferida, já que o TRE entendeu que a eleição dela configurava o exercício de terceiro mandato consecutivo na chefia do Executivo municipal pelo mesmo grupo familiar, o que é vedado pela legislação eleitoral.

A decisão foi tomada em 2018, porém, Grasiella continuou governando sob limiar. Em março de 2019, a 2ª Turma do STF confirmou o indeferimento do registro da chapa vencedora para os cargos de prefeito e vice em 2016, autorizando a realização das novas eleições, conforme disposto no artigo 224, §3º, do Código Eleitoral.

 


 

Mais lidas do mês