Mídias Sociais

Política

CPI do Hospital da Mulher, em Cabo Frio, poderá pedir afastamento da atual diretoria da unidade

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Durante a primeira reunião aberta realizada pela CPI do Hospital da Mulher, em Cabo Frio, foi levantada a possibilidade da Comissão solicitar o afastamento da atual direção do Hospital da Mulher.

“Os responsáveis pelo hospital da Mulher devem ser afastados da direção do hospital imediatamente e devemos propor isso formalmente através dessa comissão senhor presidente, até que tenhamos um inquérito final”, propôs o vereador Rafael Peçanha.

Diante do comentário, o presidente da comissão, o vereador Ricardo Martins (SD), anunciou que já tinha um ofício assinado por três vereadores e que ao final da reunião coletariam as assinaturas dos outros membros da comissão para solicitar o afastamento imediato da direção.

O encontro contou com a presença dos Vereadores Letícia Jotta (PSC), Guilherme Moreira (PPS), Vaguinho (PPS), Vinicius Correa (PP), Alexandra Codeço (PRB), Rafael Peçanha (PDT), Silvio David (PSC), Nenel do Jardim (PPS) e Aquiles Barreto (SD), representantes do Conselho Municipal de Saúde, familiares de denunciantes e representantes da sociedade civil e teve como principal objetivo obter mais dados, informações e denúncias, para cruzar com as informações recebidas da direção do hospital e apurar as possíveis negligências médicas.

“Hoje temos aqui presente toda a bancada dos vereadores da CPI. Recebemos uma caixa de documentos com mais de 1000 paginas, para apurar. Por isso precisamos da ajuda de todos. Faremos o melhor para que os culpados paguem pelos seus crimes, doa a quem doer. Se houve negligência e falta de profissionalismo, que os responsáveis paguem pelos seus delitos”, disse o presidente da CPI.

Uma próxima reunião aberta será realizada, a data será definida pela comissão uma reunião interna com os membros e divulgada amplamente.

 

Sobre a CPI - Criada em fevereiro deste ano, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada pela Câmara dos Vereadores de Cabo Frio tem como objetivo investigar as denúncias de irregularidades no Hospital da Mulher do município.

A instalação da investigação se deu após leitura do requerimento que teve assinaturas de todos os vereadores em plenário. A conclusão das investigações vai gerar um relatório sobre a situação do Hospital e as denúncias de irregularidades.

A Comissão Parlamentar que vai apurar denúncias de irregularidades no Hospital da Mulher é uma comissão temporária, que tem como objetivo apurar denúncias referentes a problemas no atendimento médico; na disponibilidade de medicamentos, insumos e material hospitalar; bem como problemas na estrutura disponível para o trabalho dos profissionais da saúde.

Os integrantes terão 90 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90 dias, para concluir as investigações.

Mais lidas da semana