Mídias Sociais

Destaque

Com três CPI's instauradas em pouco mais de um ano, Câmara de Macaé assume postura de fiscalização e transparência

Publicado

em

 

Após cerca de 1 ano e 3 meses desde que a nova legislatura teve início, a Câmara assumiu uma postura combativa e de fiscalização. É como o presidente do Legislativo, Cesinha (Pros), define a atuação dos vereadores apontando que o objetivo final é garantir transparência e melhores serviços públicos aos macaenses.

Em conversa com o Blog esta semana, o parlamentar lembrou que nada menos que três CPIs (ou Comissões Especiais de Inquérito) foram instauradas neste período para investigar a SIT, BRK e Macaé Escolar – esta última, cooperativa responsável pelo transporte de alunos da rede pública.

“Estamos apenas cumprindo o papel do Legislativo. Mas, é preciso destacar o comprometimento dos vereadores, novos e experientes, para que estas ações possam ser implementadas e venham trazer resultados consistentes”, resumiu Cesinha.

O discurso do chefe do Legislativo, aliás, faz coro com o Governo. Desde o início do mandato, Welberth (Cidadania) vem subindo o tom justamente contra as concessionárias que foram estabelecidas e mantidas pelos ex-prefeitos Riverton Mussi (PDT) e Dr. Aluizio (PSSB) e herdadas por sua gestão.

Agora, entretanto, com uma atuação combativa, a expectativa da população vem aumentando e Cesinha reafirma que o município terá condições de oferecer melhores serviços em setores essenciais. “Não vamos descansar enquanto isso não se tornar uma realidade”, concluiu.
*Com informações do Blog do Daniel Galvão

Mais lidas da semana