Mídias Sociais

Política

Câmara Municipal de Macaé realiza sessão solene nesta quarta-feira, 29, para celebrar aniversário de 208 anos da cidade

Publicado

em

 

A Câmara Municipal de Macaé realiza, às 10h desta quinta-feira, 29, em seu salão nobre, a tradicional sessão solene na data que marca a comemoração aos 208 anos de emancipação político-administrativa da cidade.

Para o presidente da Casa, vereador Cesinha (PROS), a solenidade será um momento de reflexão sobre as dificuldades enfrentadas pelas famílias macaenses durante a pandemia do coronavírus, que causou a morte de quase 700 pessoas na cidade.

Nomes como os do ex-presidente da Casa, Dr. Eduardo Cardoso, e de seu filho, o vereador Thales Coutinho, falecidos em decorrência do coronavírus, respectivamente, nos meses de junho e julho desse ano, também devem ser homenageados pelos parlamentares macaenses durante a sessão solene.

“Não é hora de celebrar, mas de reconhecer a importância de Macaé e de unir esforços para que essa triste página da história seja virada. Espero que, em breve, a retomada econômica aconteça e que toda a população esteja imunizada”, comentou Cesinha.

Em sua fala, o presidente lembra também dos problemas econômicos causados pelas medidas de restrição de circulação para prevenção do contágio do vírus, e que acabaram prejudicando muitos setores da economia da cidade.

De acordo com a Câmara, o evento, que será realizado de forma presencial, observará todos os protocolos de segurança, e não terá presença de público para garantir a segurança dos parlamentares, servidores e profissionais envolvidos na realização da celebração.

A sessão solene pelo aniversário de 208 anos de Macaé será transmitida ao vivo pela TV Câmara, no site do Legislativo, e também pelo canal da Casa no YouTube, onde o vídeo ficará hospedado, podendo ser visto depois.

A Câmara ressalta que, tradicionalmente, a sessão solene de aniversário da cidade também era marcada pela entrega de honrarias a personalidades que contribuíram com o desenvolvimento de Macaé, mas explica que, por conta da pandemia, os parlamentares farão as homenagens em outra oportunidade.

Mais lidas da semana