Mídias Sociais

Política

Câmara de Vereadores de Cabo Frio reinaugura Espaço Cultural Torres do Cabo

Avatar

Publicado

em

 

O presidente da Casa, Aquiles Barreto participou da abertura com a exposição do artista plástico Reinaldo Caó

O Espaço Cultural Torres do Cabo, também conhecido como “Corredor Cultural da Câmara Municipal de Cabo Frio”, foi reinaugurado nesta terça-feira (28)  com a abertura oficial da exposição Ternura, a musa e a busca, do artista plástico Reinaldo Caó. A exposição é composta de nove telas com as técnicas de pintura a óleo, no tamanho de 1,20x 0,80m.

A solenidade foi conduzida pelo presidente da Câmara Municipal, Aquiles Barreto, e pelo Diretor de Cultura da Câmara Municipal, Ricardo Varella. Estiveram presentes a vereadora Alexandra Codeço, o Secretário Municipal de Cultura, Ricardo Choppinho, o Subsecretário Municipal de Cultura, João Félix, além de muitos artistas plásticos e artesãos do município.

Aquiles Barreto afirmou que a casa legislativa apoia as mais diversas manifestações culturais e que sempre estará de portas abertas para os artistas mostrarem seus trabalhos: “Estou muito feliz em ver este espaço ser novamente utilizado para a divulgação do talento e da arte local. Reinauguramos em grande estilo, o Caó é um grande artista”, declarou.

Reinaldo Carlos de Oliveira nasceu no bairro do Retiro, em São Pedro da Aldeia – RJ, mas passou a adolescência em Cabo Frio – RJ. Aos 17 anos conheceu a pintora paulista Carlota Marsíglio e ingressou na Escola Cooperarte para Ressurgência da Arte (Escola Livre de Desenho e Pintura). Em 1987, Reinaldo fez sua primeira exposição no Charitas, hoje Casa de Cultura José de Dome. Suas obras podem ser encontradas em diversos estados brasileiros e em vários outros países. Em 2007, o artista fez curso de capacitação de História da Arte, no MNBA (Museu Nacional de Belas Artes). Caó foi catalogado no Anuário Brasileiro de Artes Plásticas e, em 2008, ganhou a Medalha de Mérito Cultural e a Comenda da Associação Fluminense de Belas Artes – A FBA/Niterói, tornando-se, assim, um Comendador das Belas Artes.

“Agradeço sempre a Deus pelas oportunidades que tenho tido. Gosto de retratar nossas paisagens, nossa história e nossa gente. Essa exposição é muito importante para mim. Sinto-me honrado em ser o artista escolhido para a reinauguração. Aproveito a ocasião para pedir aos vereadores e autoridades presentes um olhar especial também sobre o Corredor Cultural da Praia do Forte. Nossa cidade possui grandes artistas e a população precisa conhecê-los”, declarou Caó.

 

 

Mais lidas da semana