Mídias Sociais

Política

Câmara de Carapebus devolve R$ 50 mil aos cofres da prefeitura da cidade

Publicado

em

 

Segundo a presidente do Legislativo de Carapebus, vereadora Tânia Cabral, a devolução faz parte das ações da presidência da Câmara e será informada na Prestação de Contas.

A Câmara Municipal de Carapebus devolveu, aos cofres do Executivo, R$ 50 mil. Na última semana, a presidente do Legislativo, vereadora Tânia Cabral, afirmou que a devolução faz parte das ações da presidência da Câmara e que consta na Prestação de Contas das Despesas e Serviços da Câmara Municipal, referente a 2017.

Em seu primeiro ano de administração, a vereadora Tânia Cabral promoveu reformas e obra interna e externa no prédio da Câmara,  troca de mobiliário de todos os gabinetes, uniformização de funcionários, criação do site oficial, além do pagamento em dia dos servidores.

A prestação de contas da Câmara de Vereadores será encaminhada ao Tribunal de Contas do Estado e também ao Ministério Público, atendendo a determinação da presidente da casa, que acredita na transparência de ações, tanto dos vereadores como do administrativo. “Tivemos um ano difícil, mas conseguimos,  com transparência, eficiência e principalmente parceria dos funcionários, melhorarem a eficiência administrativa e o atendimento na Câmara, tanto para os vereadores como para a população”, justificou a parlamentar carapebuense.

A prestação de contas foi feita por Tânia Cabral, na manhã da última quinta-feira (8) em seu gabinete. Todos os demais parlamentares foram convidados, mas apenas os vereadores Dandinho e Tuti compareceram. Para Tânia Cabral é importante essa clareza de informações. “Criamos o Portal da Transparência onde qualquer cidadão pode ter acesso a tudo o que é realizado, além de colaborar com sugestões, críticas e pontos de melhorias”,  lembrou a vereadora. A presidente da Câmara de Carapebus  aposta numa administração clara e também cada vez mais transparência, com atas e proposições disponibilizadas do site oficial da Câmara.

Da redação

Crédito: Divulgação

 

 


 

Mais lidas do mês