Mídias Sociais

Política

Cabo Frio retoma aulas 100% presenciais em 88 escolas da rede pública municipal nesta semana

Publicado

em

 

Os cerca de 31 mil alunos matriculados na rede pública municipal de ensino de Cabo Frio retornaram nesta semana às atividades 100% presenciais nas 88 escolas do município, seguindo uma série de medidas para prevenção ao contágio do coronavírus.

A Prefeitura de Cabo Frio informou que possui, ao todo, 31.401 estudantes matriculados atualmente para este ano letivo de 2022, iniciado no último dia 14 de fevereiro, mas de modo híbrido, com aulas presenciais e virtuais.

“A Secretaria de Educação preparou uma série de ações planejadas em conjunto com a Secretaria de Saúde, incluindo informes semanais com dados sobre a pandemia do coronavírus e elaboração dos protocolos de segurança para evitar o contágio pelo coronavírus, como o uso de máscaras, distanciamento, higienização das mãos e dos ambientes”, contou o município.

De acordo com a prefeitura, as exceções nesta semana são as escolas municipais, Maria Dária Saldanha, no Jardim Esperança, e Edith Castro dos Santos, em Santo Antônio, que retornaram no modelo híbrido devido às obras em andamento nas unidades, nas quais foram providenciadas estruturas modulares alugadas.

“A intenção é que, já no mês de abril, as crianças estejam acomodadas nesses espaços provisórios, em virtude da necessidade de obras. A Escola Maria Dária, por exemplo, foi muito depredada no período em que esteve sem aulas durante a pandemia”, revelou a secretária de Educação de Cabo Frio, Elicéa da Silveira.

Ainda segundo o município, as atividades na Escola Municipal Américo Vespúcio, que foram reformadas recentemente e atendem alunos do 6º ao 9º ano, permanecem no formato presencial nos 2 turnos, atendendo 301 alunos atualmente.

“A gestão da pasta [da Educação] segue realizando reuniões com a comunidade escolar sobre a diminuição da procura por vagas na escola desde o ano de 2012. A secretária de Educação reforça que nenhuma decisão sobre a transferência de alunos será tomada sem discussão com a comunidade escolar e sem divulgação prévia”, acrescentou a prefeitura.

Em fevereiro, o município adquiriu 6.350 novas carteiras escolares, no formato “conjunto aluno”, no padrão especificado pela Fundação para Desenvolvimento da Educação (FDE) e pelo Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE), ao custo de mais de 3,7 milhões de reais, mas até o momento, apenas foram entregues 2.885 itens em 29 escolas.

Sobre as reformas de escolas da rede pública municipal de Cabo Frio, a prefeitura explicou que a Escola Municipal de Educação Infantil Neusa Agualusa da Costa, no bairro Tangará, já teve a reforma concluída em fevereiro, e atenderá 80 alunos de Creche I e II.

De acordo com o município, outras 8 unidades seguem com obras, com diferentes previsões de conclusão. Entre elas, estão a construção da Escola Municipal Luiz Lindenberg, na Praia do Siqueira; a reforma da Escola Municipal Vereador Leaquim Schuindt, no Jardim Esperança; a reforma da Escola Municipal Prof.ª Catharina da Silveira Cordeiro, em Monte Alegre; a construção da Escola Municipal Robinson Carvalho de Azevedo, no Parque Burle; a construção da Escola Municipal Pedro Jotha, em São Jacinto; e a reforma da Escola Municipal João Bessa Teixeira, em União; além da reforma do Colégio Municipal Prof.ª Elza Maria Santa Rosa Bernardo, no Jardim Esperança.

Além delas, há previsão de licitações para obras de reforma em outras duas unidades neste mês de março, para a Escola Municipal Talitha Hernandes Perelló e para a Escola Municipal de Educação Infantil Vovó Olivia, também no Jardim Esperança.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Rua Tupinambás 122 Gloria – Macaé/RJ

comercial@diariocs.com
(22) 2765-7353
(22) 999253130

Mais lidas da semana