Mídias Sociais

Política

Articulações do deputado Welberth Rezende mantêm plantões fiscais na Auditoria Fiscal Regional em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Depois de causar tremendo alvoroço na Câmara Municipal de Macaé, a decisão do secretário estadual de Fazenda, Luiz Cláudio de Carvalho, mudou de ideia sobre a remoção dos plantões fiscais na Auditoria Fiscal Regional de Macaé, que iriam para a Auditoria Fiscal Regional de Cabo Frio.

A informação havia sido dada pelo vereador Paulo Antunes (MDB), em sessão ordinária da Câmara macaense há algumas semanas, gerando grande discussão entre os parlamentares, que reclamaram da mudança, alegando que isso atrapalharia o desenvolvimento do município, já que os empreendedores macaenses teriam que se locomover 80 quilômetros (Km) para conseguir atendimento.

A mudança na decisão se deu após ofício do deputado estadual Welberth Rezende (PPS), que, no pedido ao secretário de Fazenda fluminense, ressaltou a importância econômica de Macaé, dona da 5ª maior arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em todo o Estado.

Em sua página no Facebook, o deputado, que nos 6 anos entre 2013 e 2018 atuou como vereador em Macaé, comemorou a mudança de decisão do gestor da Fazenda estadual e enalteceu a os benefícios da manutenção do atendimento fiscal no município.

“Vitória em defesa do desenvolvimento econômico de Macaé! Garantimos com o Governo do Estado a permanência em Macaé do atendimento dos fiscais da Secretaria Estadual de Fazenda, que realizam o trabalho de auditoria fiscal. Antes, esse serviço estava sendo transferido para Cabo Frio. A continuidade dos fiscais na cidade, polo das atividades do petróleo na região, foi defendida pelas instituições empresariais locais, que compõem o Repensar Macaé. Para nós e para a cidade, esta é uma importante vitória!”, escreveu Welberth em sua rede social, na noite da última terça-feira, 21.

Mais lidas da semana